Você sabia que o brechó online Enjoei abriu capital na bolsa de valores? O ano de 2020 foi bastante movimentado em termos de IPOs (Ofertas Públicas Iniciais). Desse modo, novos segmentos passaram a fazer parte do mercado financeiro e de capitais do Brasil.

Sabendo disso, vale a pena conhecer a ENJU3 para saber se o investimento combina com o seu caso. Confira informações sobre a história da empresa, saiba mais sobre seu IPO e, claro, descubra se vale a pena ou não investir na companhia.

Boa leitura!

História da Enjoei

A Enjoei surgiu em 2009, pelas mãos do casal Ana Luiza McLaren e Tiê Lima. Ela é publicitária, e costumava trabalhar como gerente de vendas do Google, enquanto ele trabalhava com projetos digitais.

A ideia inicial do blog — formato do negócio em seu surgimento — era a de aproximar, com muito bom humor, os usuários de produtos usados. O formato era C2C (consumidor para consumidor).

Após ofertar uma experiência diferenciada e ágil de compra e venda, não demorou para que a empresa deslanchasse. Em 2012, ela se tornou um marketplace oficial.

Já em 2013 e 2014, mesmo com capital fechado, recebeu aportes do fundo brasileiro Monashees e do americano Bessemer Venture Partners. Por fim, em 2017, abriu sua primeira loja no exterior, a Argentina Ya Fué.

A história da Enjoei já tem mais de 10 anos. Seu foco continua sendo o oferecimento de uma experiência completa de compra e venda de itens diversos. Para isso, contam com soluções úteis e diferenciadas, como amplas formas de pagamento, descontos e ofertas temáticas.

Principais números

Até outubro de 2020, alguns dados coletados sobre a Enjoei indicavam:

  • a presença de mais de 1,5 milhão de compradores (desde o período de lançamento);
  • o cadastro de mais de 30 milhões de produtos, além de mais de 80 mil marcas;
  • mais de 20 milhões de visitas mensais;
  • a presença de mais de 1,9 milhão de vendedores;
  • a adição de mais de 350 mil itens para venda na plataforma em apenas um mês.

Características

Além de ser uma plataforma 100% digital, a Enjoei conta com mais dois diferenciais em relação aos outros marketplaces. Primeiramente, ela busca se comunicar sempre por meio de um tom jovial e descontraído. Isso aproxima o consumidor do negócio.

Em segundo lugar, busca pelo estímulo e pela promoção de uma nova forma de consumo. O site agrega itens novos, seminovos e usados em um só local.

Setor

Inicialmente, os setores mais abordados pela empresa eram os de estilo de vida e moda. Porém, com o tempo, novos itens foram adicionados à vasta gama de produtos da Enjoei. Entre eles, é possível perceber artigos de decoração, móveis e livros, por exemplo.

Abertura do capital da Enjoei

O IPO da empresa em 2020 visou angariar R$ 1,1 bilhão. A fixação de preço ocorreu dia 5 de novembro de 2020 (com faixa indicativa entre R$ 10,25 e R$ 13,75) e a estreia na bolsa brasileira B3 se deu no dia 6 de novembro do mesmo ano.

Em função do prejuízo líquido sofrido no ano de 2019 (acumulado em R$ 20,7 milhões) e acrescido a outras perdas nos anos anteriores, a organização abriu o capital sem dar lucro.

Seus principais acionistas antes do IPO incluíam:

  • Tiê Lima (8,80%);
  • Estoril (9,20%);
  • Ana Luiza McLaren (11,64%);
  • Aram (12,12%);
  • Monashees (15,44%);
  • Bessemer (18,19%).

A prioridade do marketplace ao abrir capital era aumentar sua base de consumidores. Logo, a ideia foi que a maior parte dos recursos do IPO fosse destinada à expansão da base de usuários e da marca.

A Enjoei relatou também a necessidade de solidificar seu modelo de retenção de clientes. Em vista disso, tinha o plano de direcionar parte da oferta para expansão da equipe de desenvolvimento de produtos.

Por fim, a equipe também considerou os investimentos em políticas comerciais para receber parcela dos recursos do IPO. Desse modo, é possível perceber como a empresa pensou em utilizar o capital injetado a partir dos novos acionistas.

Processo de IPO

O código de negociação da empresa na bolsa após a abertura de capital é o ENJU3. O final 3 indica que se trata de um papel ordinário.

Ou seja, dá direito de voto ao investidor durante assembleias da empresa. Esse tipo de Ação também é conhecida como ON – ou Ações ordinárias.

A listagem da empresa foi feita no Novo Mercado. Os coordenadores do IPO da Enjoei foram:

Resultados

Em sua estreia na B3, A Enjoei (ENJU3) teve uma performance modesta. A empresa lidou com uma queda de mais de 7% no mesmo dia. Isso a deixou abaixo da faixa indicativa de preço na abertura.

Contudo, a organização relatou um potente crescimento de tráfego na plataforma. Isso traz a expectativa de movimentações acima de 74,4 milhões de visitas, número registado no ano de 2019. Tais resultados podem exercer uma influência no preço das Ações.

Vale a pena investir na Enjoei?

Conhecidas as principais informações sobre o IPO da Enjoei, alguns investidores podem se perguntar se vale a pena realizar o investimento nas Ações ENJU3.

Será que é vantajoso? A resposta é: depende.

É possível perceber a presença de um modelo de negócios inovador e alinhado às tendências de consumo. Contudo, você deve avaliar seu perfil de investidor e também outras características da empresa para decidir por investir ou não.

É importante analisar a oportunidade e saber que a Enjoei é apenas uma das muitas empresas disponíveis na bolsa. Logo, há diversas alternativas para compor sua carteira de investimentos. Por isso, é preciso compreender o propósito por trás da compra do ativo.

Para encontrar as organizações mais adequadas às suas necessidades, é importante alinhar dois pontos: seu perfil de investidor e seus objetivos. Delimitar esses fatores, em união com a análise de indicadores fundamentalistas da empresa ajuda a decidir.

Ao seguir esses passos, será mais simples fazer escolhas mais condizentes com os resultados que você busca. Seja por meio do investimento na Enjoei ENJU3 ou não. O importante é entender como conhecer e analisar as alternativas!

Quer ter mais informações sobre investimentos? Entre em contato conosco e acesse uma assessoria de investimentos com um atendimento eleito como a TOP Assessoria 2020 pelo BTG Pactual — maior banco de investimentos da América Latina!