No dia 17 de novembro, foi apresentado o resultado Méliuz (CASH3) 3T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

CASH3 reportou números em linha com o mercado no 3T21

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da Méliuz (CASH3) foi neutro. A companhia apresentou resultados em linha com as expectativas.

Os destaques do período foram o GMV do marketplace e as despesas com cashback.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações CASH3 estavam sendo negociadas a R$ 3,60. A capitalização de mercado era de R$ 476,45 milhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 153,33 milhões.

CASH3
Stock performance

Novo cartão de crédito tem fila de espera

Em janeiro de 2022, a Méliuz lançará seu novo cartão de crédito sem a parceria que mantinha com o Banco Pan. O lançamento poderá ser usado na versão digital e será todo administrado pelo aplicativo, que agora integrará as funcionalidades de shopping com serviços financeiros.

Segundo o relatório do BTG Pactual, o cartão será primeiro lançado na versão digital e terá tecnologia de contato e cashback. A partir de janeiro, a empresa lançará sua conta digital gratuita e passará a oferecer serviços financeiros, como PIX e criptomoedas.

De acordo com o diretor financeiro da Méliuz, Luciano Valle, o novo cartão é o primeiro capítulo de um marco importante para a companhia. Além disso, é o primeiro atestado firme de que estão seguindo a agenda prometida no IPO e follow on.

GMV do marketplace segue projeção do mercado

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, o GMV (volume bruto de mercadorias) do marketplace atingiu R$ 1,1 bilhão. O patamar revela alta de +22% em relação ao trimestre anterior e alta de +72% em relação ao mesmo período de 2020.

O relatório do BTG também destaca o take rate (ganhos de intermediação) que ficou em 3,9%, frente a 4,6% no trimestre anterior. O desempenho mais fraco reflete o descasamento entre a venda e receita reportada.

Assim, segundo o relatório do BTG Pactual, a receita líquida do segmento ficou em R$ 32 milhões. O número revela alta de +6% em relação ao 2T21 e alta de +149% em relação ao mesmo período de 2020.

Despesas com cashback vieram melhores do que o esperado

INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA

De acordo com o relatório do BTG Pactual, as despesas de cashback vieram em R$ 27 milhões, ou 48% da receita. O desempenho revela alta de +10% na comparação de base trimestral e alta de +110% em relação ao 3T20.

Segundo a equipe de análise do BTG, a alta é justificada pelo crescimento orgânico do negócio, que está em linha com o aumento da receita na vertical shopping e na vertical de serviços financeiros.

O relatório do BTG também destaca que cerca de 80% das despesas com cashback estão diretamente relacionadas com receitas de compras. O restante é proveniente de serviços financeiros e outros produtos.

EBITDA reflete alta nas despesas de pessoal

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA negativo da Méliuz ficou em R$ 9 milhões. O número revela queda frente ao resultado negativo de R$ 7,2 milhões reportado no trimestre anterior, mas está +15% acima das estimativas.

De acordo com a própria empresa, o resultado é reflexo do aumento nas despesas de pessoal. Essas despesas totalizaram R$ 6 milhões, em linha com a estratégia de focar no crescimento orgânico, visando melhorias e produtos que serão lançados nos próximos trimestres.

Prejuízo Líquido reverte lucro anterior

Conforme o relatório do BTG Pactual, o prejuízo líquido da Méliuz no terceiro trimestre foi de R$ 5 milhões. Esse resultado representa reversão do lucro de R$ 4,7 milhões apurado no mesmo período do ano passado.

CASH3
relatório empresa, Bovespa, empresa BTG Pactual S.A

Resultado Méliuz (CASH3) 3T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Méliuz (CASH3) tem enfrentado dificuldades recentemente, em partes, por falta de momentum no mercado. Depois de apresentar resultados mais fracos, a companhia está preparada para entregar mais, com uma equipe maior e melhor.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 7,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Méliuz (CASH3) 3T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.