BEGE39
BEGE39

BEGE39: Conheça o BDR do ETF iShares ESG Aware MSCI EM

Você quer investir em ações, mas não quer se limitar ao mercado brasileiro? O BDR pode ser o investimento que procura. Esse tipo de certificado permite que o investidor se exponha aos mercados internacionais sem sair da bolsa brasileira. É o caso do BEGE39.

Ele é o BDR lastreado no ETF iShares ESG Aware MSCI EM. Assim, é composto por ações de companhias internacionais que atendam altos níveis de sustentabilidade e atuem nos mercados emergentes — uma das atuais tendências no universo dos investimentos.

Você se interessou pelo assunto e quer saber mais como o BEGE39 funciona? Então continue a leitura deste artigo e veja se ele faz sentido para sua carteira!

O que é um BDR?

Antes de aprofundar o conhecimento sobre o BEGE39 é importante saber o que é um BDR. A sigla refere-se à brazilian depositary receipt — que é uma modalidade de investimento de renda variável disponível na bolsa brasileira.

Adquirir um BDR é uma maneira de se expor a um ativo estrangeiro no mercado nacional. Isso porque um certificado necessariamente está atrelado a um título internacional que não é negociado na B3 — a bolsa de valores brasileira.

Assim, uma instituição depositária realiza a compra de ativos internacionais em bolsas de valores situadas no exterior e emite BDRs com lastro neles. Na sequência, disponibiliza os BDRs na bolsa do Brasil para que sejam negociados.

Com eles em carteira, o investidor tem a possibilidade de lucrar por meio da valorização do BDR, ou através do recebimento de dividendos. Isso porque muitos deles são lastreados em ações que compartilham proventos.

O que é um ETF?

Como mencionado no início deste artigo, o BEGE39 é um BDR de ETF. Logo, só é possível compreendê-lo corretamente ao saber o que é um ETF. Essa é a sigla para exchange traded funds — ou traduzido, fundos de índice.

Trata-se de um fundo de investimento que objetiva replicar um índice de referência (benchmark). No caso, o BEGE39 é o BDR do EFT espelha o Índice estrangeiro MSCI Emerging Markets Extended ESG Focus.

Portanto, o fundo é composto por ações de companhias presentes em mercados emergentes de grande e média capitalização com práticas ambientais, sociais e de governança sustentáveis. Entre elas, estão ações de grandes empresas, como a Samsung, Alibaba e Tencent.

Vale destacar que a administração do ETF é feita por um gestor profissional, que é remunerado por uma taxa de administração. Como é uma gestão passiva, na qual não é preciso superar o benchmark, a taxa de administração costuma ser baixa.

O que é BEGE39?

Com os conhecimentos adquiridos até aqui, não haverá dificuldade em compreender o BDR BEGE39. Esse código de letras e números se refere ao ticker de negociação da bolsa. Assim, basta digitar BEGE39 no home broker para negociar o BDR do ETF iShares ESG Aware MSCI EM.

Confira a seguir mais informações sobre o certificado!

Quando ele surgiu?

Até o ano de 2020, somente podiam ser emitidos BDRs lastreados em ações estrangeiras. No entanto, naquele ano, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) passou a permitir que os BDRs fossem emitidos com base em ações, ETFs, títulos de dívidas, entre outros.

Com isso, a gestora BlackRock decidiu lançar no mercado brasileiro 37 BDrs de ETFs — entre eles o BDR do ETF iShares ESG Aware MSCI EM. No início, eles somente poderiam ser negociados por investidores qualificados.

No entanto, a partir de 29 de março de 2021 isso mudou. Após a B3 traduzir o material publicitário que envolvia esses BDRs foi autorizada a negociação do BEGE39 e mais 11 BDRs da BlackRock por investidores em geral.

Como se dá o investimento no ETF internacional?

Como já mencionado, o BEGE39 possui lastro no ETF iShares ESG Aware MSCI EM. Ele é negociado na NASDAQ (bolsa de valores norte-americana), tendo surgido em 28 de junho de 2016.

Isso significa que quem adquire BDRs está tendo acesso a certificados representativos de cotas desse ETF. Não é você que faz esse investimento, mas a instituição depositária. Ela também é a responsável por repassar informações e proventos para os investidores brasileiros.

Quem administra esse ETF?

A gestão do ETF iShares ESG Aware MSCI EM é feita pela BlackRock Inc. Uma empresa estadunidense, que é considerada uma das maiores gestoras de ativos no mundo. Ela foi criada em 1988 e está presente em mais de 100 países — no Brasil, desde 2008.

Quais as vantagens e riscos de investir no BEGE39?

Investir no BEGE39 possui certas vantagens. Uma delas está relacionada à praticidade, pois a sua compra é feita em reais, na própria B3. Logo, não é necessário fazer câmbio de moedas ou estar vinculado a bancos de investimentos estrangeiros.

Outra vantagem que merece destaque diz respeito à exposição cambial. Como este BDR está lastreado em um ETF de ações do exterior com cotação em dólar, no seu preço já está embutido a diferença de câmbio. Isso pode proteger o investidor contra a desvalorização do real.

É importante mencionar que o ETF iShares ESG Aware MSCI EM paga dividendos. Logo, quem possui BRDs atrelados a este ETF recebe os proventos, podendo ser mais uma vantagem. Contudo, do valor desconta-se, normalmente, a tributação norte-americana (30%).

No que se refere aos riscos, a principal questão está relacionada à renda variável. Ou seja, o investidor não consegue prever o quanto de lucro ou prejuízo terá. Além disso, crises econômicas no cenário global podem prejudicar consideravelmente esse investimento.

Como investir no BEGE39?

Investir em BDRs é semelhante a comprar uma ação. Basta possuir uma conta em um banco de investimento e ter acesso ao home broker — plataforma que insere o investidor no ambiente de negociações da bolsa de valores.

Dentro do home broker, o investidor precisará digitar o ticker BEGE39 e emitir uma ordem de compra. Mas, antes disso, tenha segurança de avaliar o investimento e saber se ele se adéqua ao seu perfil de investidor e seus objetivos.

Como você acabou de ver, o BDR do ETF iShares ESG Aware MSCI EM (BEGE39) é uma alternativa de diversificação de investimentos. A possibilidade é relativamente nova, contudo permite ao investidor ter seu capital exposto em empresas estrangeiras sustentáveis com praticidade!

Quer saber mais sobre BDRs? Confira 5 vantagens de investir nessa modalidade de investimento!

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.