No dia 12 de novembro, foi apresentado o resultado Rumo (RAIL3) 3T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Rumo apresenta fraco desempenho

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da Rumo (RAIL3) ficou em linha com as estimativas da equipe no trimestre, mas abaixo do consenso.

O destaque do período foram os volumes mais baixos.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações RAIL3 estavam sendo negociadas a R$ 17,20. A capitalização de mercado era de R$ 31,83 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 207,69 milhões.

RAIL3
Stock performance

Volumes mais baixos

De acordo com o relatório do BTG Pactual, a Rumo apresentou volumes mais baixos no 3T21.

Conforme divulgado anteriormente, os volumes transportados totalizaram 16,4 bilhões de TKU – toneladas por quilômetro útil. Isso representa queda de -7% na comparação de base anual.

A queda dos volumes é reflexo da redução dos volumes de produtos agrícolas em -10% no período. Nota-se que as operações Sul e Norte foram impactadas negativamente pela queda dos volumes milho e açúcar.

Por fim, em relação aos volumes industriais, cresceram +11% e compensaram uma parte dessa queda.

Crescimento do rendimento médio

Segundo o BTG Pactual, os volumes mais baixos foram parcialmente compensados por rendimentos maiores no trimestre. Todavia, as margens das operações foram pressionadas.

O rendimento médio cresceu +2% em relação ao 3T20. Nota-se que o rendimento da operação do Norte foi estável, enquanto na Malha Sul o rendimento da operação aumentou +8%.

Em termos de margens, a operação Norte caiu de 59% para 53%, enquanto a operação Sul caiu de 40% para 29%. Isso é reflexo da menor diluição de custos fixos e do mix mais fraco no período.

Aumento da alavancagem

Conforme informa o BTG, a Rumo reportou um aumento da alavancagem no 3T21.

INVISTA EM AÇÕES COM A PLANILHA DE ANÁLISE FUNDAMENTALISTA

Em termos de alavancagem, a relação dívida líquida/EBITDA subiu de 2,1x no 2T21 para 2,4x no período.

Cabe notar que os investimentos totalizaram R$ 774 milhões no trimestre. Isso representa aumento de +11% na comparação de base anual. O investimento de expansão subiu +29%, mas o investimento recorrente caiu -13%.

Esse aumento foi impulsionado principalmente pelos investimentos na Malha Central e Paulista.

Perspectivas para os próximos trimestres

A equipe do BTG acredita que a Rumo reportou números bem abaixo do mercado. Portanto, espera-se uma reação para baixo.

Por um lado, acredita-se que há espaço para uma revisão para baixo dado que o quarto trimestre deve ser mais fraco em uma base de comparação trimestral.

Por outro lado, a equipe destaca que a companhia obteve recentemente a aprovação para o projeto Lucas do Rio Verde. A iniciativa é bastante positiva e o mercado deve precificá-lo conforme sua curva de risco.

EBITDA pressionado

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Rumo ficou em R$ 820 milhões contra R$ 1,1 bilhão no mesmo período do ano passado.

Cabe destacar que esse número desconsidera os efeitos da Malha Central, na ordem de R$ 83 milhões.

Lucro Líquido abaixo das estimativas

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Rumo no terceiro trimestre foi de R$ 51 milhões contra R$ 171 milhões no 3T20.

A equipe estimou um resultado líquido de R$ 116 milhões, enquanto o consenso estimava um lucro de R$ 333 milhões. Ainda, ressalta que esse foi o principal destaque negativo no período.

RAIL3
Relatórios da empresa, Bovespa, BTG Pactual S.A

Resultado Rumo (RAIL3) 3T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual mantém uma postura positiva para a Rumo (RAIL3).

Apesar do momento mais fraco dos lucros, acredita-se que a companhia tem um valuation atrativo. A equipe considera que a Rumo sustenta fundamentos sólidos de longo prazo para a indústria de agro-logística no Brasil.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 27,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Rumo (RAIL3) 3T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.