Nos últimos anos, a bolsa de valores tem registrado um aumento expressivo de novos investidores pessoas físicas. Junto desse aumento é possível observar um antigo viés comportamental denominado padrão efeito disposição.

Esse efeito está relacionado à forma com que o investidor ou especulador se comporta quando se trata de assegurar ganhos e limitar as perdas. Infelizmente, operar sobre a influência desse padrão psicológico pode afetar a rentabilidade.

Se você quer saber um pouco mais sobre o padrão efeito disposição, além da forma de evitá-lo, descubra a partir da leitura deste artigo. Vamos lá?

O que é o efeito disposição?

O termo efeito disposição foi criado nos anos 80, pelos economistas comportamentais Hersh Shefrin e Meir Statman. Ele é usado para definir uma anomalia encontrada no campo das finanças comportamentais.

Os economistas observaram que muitos investidores individuais possuem a tendência de desfazer rapidamente de ações quando seu preço aumenta. No entanto, acabam mantendo as ações quando o seu preço cai, mesmo se a queda for expressiva.

Como exemplo desse efeito, imagine um cenário em que o investidor, motivado pelo noticiário nacional, adquira ações de uma companhia que está em um bom momento. Segundo o estudo, assim que a ação valorizar – ainda que pouco – o investidor encerrará sua posição.

Agora suponha que, na semana seguinte, esse mesmo investidor adquira ações de outra companhia. Mas, ao contrário do esperado, ela cai muito mais do que o lucro obtido anteriormente. De acordo com o efeito disposição, o investidor manterá a operação para não perder o dinheiro investido.

Descobriu-se, desse modo, que as pessoas têm uma reação emocional mais intensa ao perder dinheiro no mercado do que ao ganhar. E o funcionamento desse efeito poderá ser verificado melhor abaixo.

Como o efeito disposição funciona?

Para entender o funcionamento do padrão efeito disposição, é importante verificar alguns conceitos da análise técnica. Nesse tipo de análise, as tendências do mercado são identificadas por meio do estudo de gráficos candlestick. No geral, existem três tendências: alta, baixa ou lateral.

De acordo com a teoria de Dow, um dos pais da análise técnica, uma tendência se mantém vigente até que seja substituída pela oposta. Nesse sentido, se um papel está em uma tendência de alta presume-se que ele continuará nesse movimento até que a tendência seja substituída.

Visto isso, a decisão mais racional dentro de uma posição vencedora seria encerrá-la somente quando for observado algum sinal de reversão da tendência. Se a pessoa agisse dessa forma poderia extrair todo o potencial de lucro daquela operação.

No cenário contrário, a situação se inverte: dentro de uma operação perdedora o ideal seria encerrá-la o quanto antes. Isso em virtude da presunção dos preços continuarem em queda até que a tendência de baixa seja revertida.

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO

INVESTIR FORA DO BRASIL? DESCUBRA COMO

Aprenda a como investir no exterior de forma prática

Como não é possível prever quando a tendência será revertida, a manutenção de uma posição perdedora pode durar anos. Em função disso, o investidor corre o risco de ficar preso em uma operação não lucrativa, além de perder a oportunidade de realizar outros investimentos.

No caso de especuladores, a perda pode ser ainda mais intensa. No entanto, o estudo revela que a questão emocional tem um peso muito grande nessa decisão, tornando difícil que a pessoa aceite realizar um prejuízo. A crença de que os preços voltarão é muito grande.

Logo, o padrão efeito disposição mostra que muitas pessoas são influenciadas pela emoção e limitam seus ganhos, ao passo que potencializarem seus prejuízos. Algo que, no longo prazo, pode ser fatal para a sua saúde financeira.

Por que o efeito disposição acontece?

Como visto, o efeito disposição nos mostra que o fato de ganhar ou perder pode ser bastante impactante no lado emocional do investidor e especulador.

E isso pode ser justificado por alguns motivos, como:

Receio de perder

Alguns investidores ingressam no mercado de renda variável mesmo sem ter o perfil de risco apropriado. Assim, o medo de perder faz com que as pessoas fiquem expostas a prejuízos bem maiores do que a recompensa obtida em relação ao lucro.

Garantia de lucro

Muitos acreditam que é melhor realizar um lucro rápido para não correr o risco da operação se converter em prejuízo, e a encerram precocemente. Ao passo que, quanto ocorre o contrário, mantêm a posição perdedora sob a perspectiva que haverá reversão para lucro em breve.

Teoria do prospecto

A teoria do prospecto revela que a dor da perda é muito maior que a recompensa do ganho. Assim, encerrar uma operação no prejuízo se torna muito mais difícil que aguardar um bom lucro em uma operação vencedora.

Como evitar o padrão efeito disposição?

Como foi visto até aqui o efeito disposição pode ser maléfico para um investidor, em especial o iniciante. A perspectiva de manter uma posição perdedora ao longo do tempo, na crença de que ela se tornará – em algum momento – vencedora não é aconselhável.

Desse modo, confira a seguir algumas dicas que podem ajudar você a evitar esse padrão comportamental:

Use o stop loss

O stop loss é uma das ferramentas mais importante para o operador de mercado. Com ela, estipula-se um valor máximo que a pessoa está disposta a perder em uma operação. Assim que ele é atingido, a operação é encerrada automaticamente e o prejuízo pode ser limitado.

Gerenciamento de risco

Gerenciamento de risco se traduz no controle de risco e retorno de uma operação. Isto é, somente realizar um negócio quando, de fato, encontrar uma boa oportunidade em que a possibilidade de lucro seja superior à de perda. Isso ajuda a ter controle emocional maior em uma operação.

Tamanho da posição

Observar o tamanho da posição é relevante para controlar o risco que você estará sujeito. Assim, o impacto das suas emoções em casos de perdas pode ser menor, pois o montante arriscado é mais baixo.

Realização parcial

No cenário em que o operador de mercado acredita que uma operação vencedora pode ser convertida em prejuízo, ele poderá encerrar apenas parte de sua posição. Agindo assim, é possível garantir parte do lucro e se sentir mais seguro se quiser manter a outra parte da operação.

Revisitar os motivos do investimento ou da operação

Ao manter uma carteira de investimentos é importante revisitar os motivos de compra de cada investimento. No caso da especulação, também é preciso ter segurança em relação à estratégia adotada.

Agora você sabe o que é o padrão efeito disposição, e as formas de evita-lo. Então, antes de iniciar um novo investimento ou operação especulativa, lembre-se que além de conhecimento técnico é necessário ter controle emocional!

Ficou com alguma dúvida? Pergunte no campo de comentários!