Renova Invest Facebook
Busca de Artigos no blog

Opções de Ações: como funcionam?

opção de ação
opção de ação

Investir no mercado de ações é uma maneira popular de buscar retornos financeiros. E quando se trata de investir em ações, é provável que você já tenha ouvido falar sobre opções de ações. As opções são um tipo de derivativo que permite aos investidores comprar ou vender um ativo subjacente por um preço determinado em um dado futuro. Mas o que exatamente são opções de ações e como você pode lucrar com elas? Neste guia completo, vamos responder a essas perguntas e muito mais, fornecendo todas as informações possíveis para você se tornar um investidor bem-sucedido no mercado de opções.

O que são opções de ações?

As opções de ações são instrumentos financeiros negociados no mercado que representam um contrato entre duas partes, o titular e o lançador. O titular possui o direito, mas não a obrigação, de comprar ou vender um determinado ativo subjacente a um preço acordado, conhecido como preço de exercício, em uma data específica no futuro, chamada de data de vencimento. O ativo subjacente pode ser uma ação, um índice, uma moeda ou até mesmo uma mercadoria.

Existem dois tipos principais de opções de ações: opções de compra (call) e opções de venda (put). As opções de compra dão ao titular o direito de comprar o ativo subjacente pelo preço de exercício, enquanto as opções de venda dão ao titular o direito de vender o ativo subjacente pelo preço de exercício. O preço de exercício é o preço pelo qual o ativo subjacente pode ser comprado ou vendido.

Como funciona o mercado de opções?

As opções de ações podem ser negociadas em bolsas de valores ou no mercado de balcão. Quando constituídas em bolsas de valores, as opções têm características padronizadas, como preço de exercício e dados de vencimento estabelecidos pela bolsa. Além disso, a bolsa também estabelece as garantias úteis para quem negocia opções. Por outro lado, no mercado de balcão, os compradores e vendedores negociam as características do contrato, como prazos, valores e garantias, e as opções registradas são na bolsa apenas para garantir o cumprimento do acordo.

No mercado de opções, existem termos e conceitos importantes que você precisa conhecer. O ativo subjacente é o ativo que está sendo negociado, como uma ação ou um índice. O titular é quem compra a opção e tem o direito de comprar ou vender o ativo subjacente. O lançador é quem vende a opção para o titular e assume a obrigação de comprar ou vender o ativo subjacente. O prêmio é o valor pago pelo titular ao lançador para adquirir a opção. Existem também os conceitos de opção de compra (call) e opção de venda (put), que concedem o direito de comprar ou vender o ativo subjacente, respectivamente. E por fim, o preço de exercício é o preço pelo qual o ativo subjacente pode ser comprado ou vendido.

Opções: o que é uma put e como ela funciona?
Opções: o que é uma call e como ela funciona?
Operações Estruturadas: O que é Financiamento com Opções?
Carteira Recomendada BTG de Dividendos

Vencimento e exercício de uma opção

Cada opção tem uma data de vencimento, também conhecida como data de exercício. É o último dia em que o titular pode exercer o direito de comprar ou vender o ativo subjacente. Após esses dados, a opção expira e perde a validade. A B3, bolsa de valores brasileira, utiliza a terceira sexta-feira do mês de vencimento como data limite de negociação das opções. Caso não haja essa sessão de dados, a negociação ocorrerá no último dia útil anterior.

Quando se trata de decidir se deve ou não exercer uma opção, tudo depende do tipo de opção e da situação de mercado do ativo subjacente. Em geral, o titular de uma opção de compra deve exercer apenas se o ativo subjacente estiver sendo negociado acima do preço de exercício, pois isso seria vantajoso, já que ele compraria o ativo por um preço menor do que o praticado no mercado. Por outro lado, se o ativo subjacente estiver sendo negociado abaixo do preço de exercício, é mais vantajoso deixar a opção expirar, pois seria mais barato comprá-lo diretamente no mercado. O mesmo comentário se aplica às opções de venda, onde o titular deve exercer apenas se o ativo subjacente estiver sendo negociado abaixo do preço de exercício.

Código das opções

Para operar no mercado de opções, é importante entender como são definidos os códigos de negociação desses derivativos. O código de uma opção é composto por uma combinação de letras e números que indicam informações sobre o ativo subjacente, o tipo de opção e o mês de vencimento. As quatro letras iniciais indicam o ativo subjacente, as letras demonstram o tipo de opção e o mês de vencimento, e os dois números finais representam o preço de exercício da opção.

Por exemplo, se você vir um código de opção PETR4F25, significa que é uma opção de compra (call) do ativo PETR4, com vencimento em junho e preço de exercício de R$ 25.

Vantagens e riscos de investir em opções

As opções de ações oferecem vantagens e riscos aos investidores. Uma das principais vantagens é a alavancagem, que permite ao investidor obter lucros maiores com um investimento menor em comparação com a compra direta do ativo subjacente. Além disso, as opções podem ser usadas para proteger uma carteira de investimentos contra quedas de preço, por meio de estratégias de hedge.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


No entanto, é importante estar atento aos riscos envolvidos. As opções são produtos financeiros complexos e podem levar a perdas significativas. Além disso, a negociação de opções requer conhecimento e experiência no mercado financeiro. Portanto, é recomendado que os investidores estudem e entendam completamente o funcionamento das opções antes de começarem a operar nesse mercado.

Conclusão

Investir no mercado de opções pode ser uma estratégia interessante para diversificar e potencializar os retornos de uma carteira de investimentos. No entanto, é fundamental entender as características e os riscos desse mercado antes de começar a operar. Neste guia completo, abordamos os conceitos básicos das opções de ações, como funcionam as negociações, os termos e os conceitos mais importantes, além das vantagens e riscos envolvidos.

Lembre-se sempre de que o mercado de opções é complexo e requer conhecimento e experiência. Portanto, é recomendado buscar orientação de profissionais especializados e estudar constantemente para aprimorar suas habilidades como investidor. Com o conhecimento e cuidado, as opções de ações podem se tornar uma ferramenta poderosa para alcançar seus objetivos financeiros.

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.