Busca de Artigos no blog

USIM5: Análise Completa Resultado Usiminas 3T21

Resultado Usiminas (USIM5) 3T21
Resultado Usiminas (USIM5) 3T21

No dia 29 de outubro, foi apresentado o resultado Usiminas (USIM5) 3T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Usiminas reportou resultados abaixo das estimativas no 3T20

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho do Usiminas (USIM5) foi fraco. A companhia divulgou resultados abaixo do esperado pelos analistas, apesar destes reconhecerem que as previsões eram altas.

No entanto, os destaques do período foram o bom desempenho operacional do Aço e o fraco desempenho de Mineração.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações USIM5 estavam sendo negociadas a R$ 14,30. A capitalização de mercado era de R$ 17,34 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 363,47 milhões.

Resultado Usiminas (USIM5) 3T21

Usiminas segue com forte balanço patrimonial

De acordo com o relatório do BTG Pactual, apesar das adversidades vivida pelo setor, a companhia segue reformulando seu balanço em ritmo acelerado.

Atualmente, a Usiminas é uma das empresas menos alavancadas. Em outras palavras, ela está entre as empresas com menor proporção de recursos de terceiros em sua estrutura de capital.

A equipe de analistas do BTG Pactual também destaca a capacidade de geração de caixa, totalizando R$ 1,2 bilhão no trimestre. A posição de caixa implica em um yield (rendimento do título) saudável, em torno de 6-7%.

O aumento dos custos impacta o segmento de aço.

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, o EBITDA do segmento de aço ficou em R$ 2,05 bilhões, estável em relação ao trimestre anterior e -10% abaixo das estimativas.

Segundo os analistas do BTG Pactual, a discrepância com o esperado é justificado pelo aumento inesperado dos custos. O custo do produto vendido por tonelada (CPV/t) apresentou alta de +11% na comparação de base trimestral, e ficou +5% acima do projetado.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


Apesar dos aspectos negativos, de acordo com orelatório do BTG Pactual, a receita líquida por tonelada do segmento apresentou alta de +13% em relação ao 2T21. Além disso, os volumes totais encerraram o trimestre em 1.189 Mt, alta de +27% em relação ao mesmo período de 2020.

Mineração afeta negativamente resultados da companhia

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o EBITDA de mineração ficou em R$ 685 milhões. O número revela queda de -50% na comparação de base trimestral, além de ficar abaixo das estimativas.

Dessa forma, a equipe de analistas do BTG destaca que a redução dos preços realizados do minério de ferro justifica a forte queda. O preço da tonelada chegou a US$ 108, queda de -44% em relação ao trimestre anterior.

Segundo o relatório do BTG Pactual, o segmento também foi impactado pelo custo de caixa. O CPV/t ficou em US$ 17,4, alta de +2% em relação ao 2T21.

Resultado Usiminas (USIM5) 3T21

EBITDA reporta forte recuperação anual

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Usiminas ficou em R$ 2,9 bilhões. O número revela queda de -18% em relação ao trimestre anterior; no entanto, traz alta de +249% em relação ao mesmo período de 2020.

Segundo os analistas do BTG Pactual, o resultado ainda ficou -15% abaixo das estimativas para a companhia.

Lucro Líquido abaixo das estimativas

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Usiminas no terceiro trimestre foi de R$ 1,56 bilhão. Esse resultado representa queda em relação ao lucro de R$ 4,16 bilhões reportado no 2T21.

A equipe de análise do BTG também destaca que o resultado ficou -18% abaixo do projetado.

Resultado Usiminas (USIM5) 3T21


Resultado Usiminas (USIM5) 3T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Usiminas (USIM5) deve continuar entregando sólidos resultados daqui pra frente. Dessa forma, essa perspectiva está associada com os preços do aço e a sólida demanda no Brasil. O valuation barato também é um fator relevante para determinação do rating.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 24,00.

 

Um pouco sobre a Usiminas

A Usiminas faz parte da história industrial do Brasil, desempenhando um papel fundamental no desenvolvimento do setor siderúrgico. Fundada em 1956, a empresa consolidou-se ao longo das décadas como uma das principais siderúrgicas do país, sobretudo contribuindo de maneira significativa para a construção e expansão de diversas infraestruturas no território brasileiro.

Desde sua criação, a Usiminas tem pioneirismo em inovações tecnológicas, adotando práticas avançadas na produção de aço. Com sede em Ipatinga, Minas Gerais, a empresa estabeleceu um complexo industrial moderno e eficiente que abrange desde a extração de minério de ferro até a fabricação de produtos siderúrgicos de alta qualidade.

Ao longo dos anos, a Usiminas diversificou suas operações para garantir uma presença abrangente no mercado. Além da produção de aço, a empresa também se destaca na área de mineração, sendo uma das principais produtoras de minério de ferro do país.

Por fim, essa é a análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Usiminas (USIM5) 3T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.