OPCT3- Vale a pena investir na ação da OceanPact

OPCT3: Vale a pena investir na ação da OceanPact?

A OceanPact (OPCT3) é uma das principais prestadoras de serviços ambientais e de logística marinha do país. A companhia abriu capital recentemente na bolsa de valores e pode ser uma alternativa de investimento para quem busca investir em ações.

Mas é importante lembrar que, ao comprar ações de determinada empresa, você se torna sócio dela e os resultados positivos tendem a vir no longo prazo. Assim, é fundamental entender o risco do investimento para avaliar quanto você está disposto a investir.

Neste artigo, será possível conhecer as ações OPCT3 e analisar se vale a pena investir nos papéis. Confira!

História da OceanPact

A OceanPact foi criada em 2007 no Rio de Janeiro, com foco na área de consultoria e resposta a emergências ambientais. Desde o início, a empresa participa de forma expressiva em operações de solução para derramamento de óleo no Brasil e no exterior.

Sua atuação foi ampliada por toda a América Latina. Em 2011, através de uma joint venture com a empresa americana Witt O’Brien’s, o Grupo OceanPact criou a Witt O’Brien’s do Brasil (WOB).

A companhia gera valor ao fornecer serviços de consultoria especializada e interdisciplinar nas áreas de segurança, meio ambiente e gestão de riscos. O objetivo é promover sustentabilidade e resiliência operacional.

Em 2013, a OceanPact ampliou a abrangência dos seus serviços marítimos e ambientais e formou outra joint venture — desta vez com a inglesa Gardline. Assim, teve início a Gardline do Brasil, hoje OceanPact GEO.

Atualmente, são 15 filiais em 8 estados brasileiros. E também subsidiárias na Holanda, México, Reino Unido, Noruega e Uruguai.

IPO da empresa

As ações da Ocean Pact, negociadas pelo código OPCT3, estrearam na bolsa de valores no dia 12 de fevereiro de 2021. Elas fecharam o pregão de estreia na B3 estáveis, após terem oscilado entre perdas e ganhos.

Na máxima do dia, os papéis subiram 2,96%, chegando a R$11,48. Na mínima, caíram 3,59%, chegando a R$10,75 e fechando o dia a R$11,15. O valor ficou dentro do piso da faixa estipulada pelos coordenadores da operação.

A oferta pública inicial (do inglês IPO – initial public offer) da OceanPact envolveu tanto uma oferta primária quanto secundária.  No primeiro caso, são emitidas novas ações e o dinheiro vai para o caixa da empresa.

No segundo, são vendidos papéis já existentes e o valor vai para os acionistas vendedores. Com a maior parte do montante captado na oferta primária, a empresa tem planos de adquirir e customizar novas embarcações.

O restante será usado para adquirir máquinas e equipamentos. Em ambos os casos, o processo será tanto por meio de aquisição direta de ativos como através de operações de fusões e aquisição.

O IPO da prestadora de serviços ambientais e de logística marinha movimentou cerca de R$ 1,22 bilhão. Desse total, R$ 920 milhões foram para o caixa da empresa. Os demais foram para a tranche secundária.

Setor de atuação

A OceanPact é uma das principais empresas prestadoras de serviços em ambiente marinho do Brasil. Como você viu, a companhia oferece serviços para proteção, estudo, monitoramento e uso sustentável do mar, do litoral e dos recursos marinhos.

Ela atua principalmente no setor de óleo e gás. Mas também está presente em diversos outros segmentos da economia, como mineração, portuário, navegação, energia e telecomunicações.

As operações da OceanPact são divididas em dois segmentos denominados embarcações e serviços. A empresa opera nas seguintes áreas de atuação:

  • Meio ambiente: incluindo serviços de proteção ambiental, licenciamentos e estudos ambientais, levantamentos oceanográficos, segurança operacional e remediação ambiental;
  • Operações submarinas: incluindo serviços de geotecnia, geofísica, inspeção, reparo e manutenção, suporte à construção e descomissionamento;
  • Logística e engenharia: incluindo serviços de logística marítima, engenharia portuária e costeira, bases de apoio offshore, obras e dragagens e facilities e limpeza industrial.

Dados financeiros relevantes

De acordo com o documento de resultados da OceanPact, no terceiro trimestre de 2020, a empresa teve receita líquida consolidada de R$ 486 milhões. O valor representa um crescimento anual de 68%.

Já o Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) subiu 92% no mesmo período, chegando a R$ 133,5 milhões. Em relação a dívidas, em 2019 a OceanPact realizou duas emissões de debêntures, totalizando R$ 305 milhões.

Vale a pena investir na OPCT3?

Antes de investir em qualquer empresa, é importante analisar os fundamentos da companhia. A estratégia ajuda a investigar a saúde financeira e organizacional do negócio. Além disso, ela permite calcular o valor intrínseco da organização e chegar ao chamado preço justo de uma ação.

Dessa forma, é possível identificar se as ações estão sendo negociadas na bolsa pelo valor justo ou se estão mais caras ou mais baratas. Isso pode ser interessante até mesmo para quem pretende aproveitar o IPO para encontrar preços mais atrativos.

Assim, a análise de fundamentos ajuda a decidir em quais empresas investir ou não. Ela também é útil para observar quais momentos representam oportunidades para novos aportes e em quais períodos pode ser mais interessante esperar.

Para isso, você pode analisar alguns indicadores qualitativos e quantitativos. Entre os qualitativos, estão o nível de governança corporativa, a qualidade da gestão, a posição da marca no mercado, os riscos do setor e o potencial crescimento e valorização.

Já entre os fatores quantitativos que podem ser considerados estão os balanços e demonstrativos financeiros, as receitas, o endividamento, a margem de lucro, os dividendos distribuídos etc.

É importante conhecer como a empresa ganha dinheiro, as perspectivas para o setor, as vantagens competitivas da companhia e os riscos do negócio. Você viu alguns desses dados aqui, mas também é preciso aprofundar a análise antes de decidir se vale a pena investir em OPCT3.

Conclusão

Encontrar boas opções entre as empresas que estão abrindo capital pode não ser tarefa fácil. É importante ter cautela nessa escolha, principalmente no caso de investidores iniciantes.

Assim, se você pensa em investir em OPCT3, vale a pena entender a história da empresa no mercado. Dessa forma, fica mais fácil analisar se o 122 está de acordo com os seus objetivos e seu perfil de investidor.

Quer ter a ajuda de uma equipe preparada para conhecer todas as alternativas de investimento da bolsa? Entre em contato conosco e converse com um de nossos assessores!

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta


Postagens Relacionadas

Mais Lidos

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.