Renova Invest Facebook

Imposto de Renda 2023: veja datas de pagamento do calendário da restituição

A gente sabe como Imposto de Renda pode ser uma coisa complicada, como se fosse feito para dar dor de cabeça. Pensando justamente em facilitar a sua vida, reunimos aqui algumas informações importantes na hora de fazer a sua declaração. A Receita Federal disponibilizou as datas de pagamento do calendário da restituição do IR.

Datas do calendário de restituição

O início das restituições do Imposto de Renda de 2023 será no dia 31 de maio. Seguindo o padrão do ano passado, serão cinco lotes de pagamento. Confira as datas:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 31 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 29 de setembro

Além disso, os contribuintes que entregarem a declaração até o dia 10 de maio podem entrar no primeiro lote, de acordo com a Receita Federal.

Idosos acima de 80 anos com idade igual ou superior a 60 anos, contribuintes com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave, contribuintes em que a fonte de renda seja o magistério, quem utilizou a declaração pré-preenchida e/ou optou por receber a restituição por Pix demais contribuintes são as prioridades.

Se você quer receber a restituição via Pix, é só informar a sua chave na hora de entregar a declaração. Mas vale lembrar que a única chave que vai servir para a Receita pagar a restituição é a formada com o número do CPF, pois isso aumenta a segurança do contribuinte.

Carteira de investimentos totalmente ISENTA DE IR?

Essa é uma dass principais novidades da declaração do IR de 2023. Gostou?

Quais os documentos preciso para declarar IR?

Caso você não esteja fazendo a declaração pela primeira vez, tenha em mãos o número do recibo da declaração de 2022, que é referente aos rendimentos de 2021. Além disso, é preciso vários documentos pessoais em mãos:

  • CPF;
  • Comprovante de endereço;
  • Título de eleitor;
  • Última declaração de IR (se houver);
  • Número de conta a agência bancária para receber restituição;
  • Nome, CPF e data de nascimento de dependentes, alimentandos e cônjuge (se houver);

Vale lembrar que a Receita Federal exige o CPF de dependentes e isso de qualquer idade. E em caso dos dependentes não possuírem CPF, o documento deve ser solicitado em agências dos Correios, da Caixa ou do Banco do Brasil.

Não esqueça os comprovantes de renda

É necessário que todas as empresas em que o contribuinte trabalhou no ano passado enviem os Informes de Rendimentos até o final de fevereiro. Os documentos devem ter o valor dos salários e dos impostos retidos na fonte, contando com a contribuição para o INSS e dados da empresa como CNPJ.


Além disso, quem é aposentado pelo INSS, deve acessar o site da Previdência Social para extrair o informe. Assim como quem fechou uma conta em 2022, deve entrar em contato para obter o informe de rendimentos do período em que era cliente da instituição financeira.

Veja todos os documentos que precisa para declarar seu IR 2023 aqui. 

Não perca tempo e aperfeiçoe seus conhecimentos, se inscreva no nosso canal do YouTube para explorar as melhores oportunidades de investimentos no mercado.

Ficou com alguma dúvida? Caso queria conhecer mais alternativas de investimentos, conte com a nossa assessoria! Entre em contato conosco, temos uma equipe preparada para ajudar você!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
6 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.