Conheça Marcos Galperin, co-fundador do MercadoLivre

Conheça a história de Marcos Galperin
Conheça a história de Marcos Galperin

Conhecer grandes investidores e empreendedores pode ajudar a ter ideias de investimentos, aproveitar oportunidades e se inspirar. Por isso, a história de Marcos Galperin, fundador do MercadoLivre, é interessante.

Ele é um renomado empreendedor latino americano — tendo relevância mundial no ramo do e-commerce e logística. Ademais, as ações de sua empresa podem ser acessadas por meio de alternativas disponíveis na bolsa brasileira, a B3.

Quer conhecer quem é Marcos Galperin e como ele alcançou o sucesso com o MercadoLivre? Continue a leitura e descubra!

Quem é Marcos Galperin?

Marcos Galperin é mais conhecido por ser fundador da empresa MercadoLivre e ter atuado como CEO da companhia até o ano de 2020. Esse empreendimento revolucionário na América Latina o alçou ao patamar de uma das pessoas mais ricas do mundo.

Nesse sentido, conforme o perfil realizado pela revista Forbes, Marcos Galperin estava entre as 500 pessoas mais ricas do mundo em janeiro de 2022. Mas sua história no mercado financeiro começou ainda nos anos 1990.

Ele já participou de diversos negócios e atuou em vários ramos, sendo um empreendedor de sucesso. Ainda, muitas de suas conquistas se devem à educação que teve em escolas de finanças dos Estados Unidos, como você verá adiante.

Qual a história dessa personalidade?

Agora que você já sabe a importância de Marcos Galperin, pode conhecer a história dele para entender sua trajetória e a de suas empresas. Ele nasceu no dia 31 de outubro de 1971 em Buenos Aires, capital da Argentina.

Sua família já possuía um grande patrimônio, pois seus pais eram donos da empresa Sadesa. Na época, essa era uma das maiores produtoras de couro do mundo — destacando-se no cenário mundial.

Em sua infância, Marcos Galperin estudou no colégio Saint Andrew ‘s Scots, na cidade de Olivos. No entanto, ainda no ano de 1990, ele se mudou para os Estados Unidos para estudar na Wharton School, da Pensilvânia.

Lá, Galperin focou seus estudos na área de finanças da faculdade. Ainda nos Estados Unidos, ele conheceu José Estenssoro, filho do presidente da YPF, empresa argentina do setor de produção e distribuição de gás e petróleo.

Com isso, surgiu a oportunidade de trabalhar na YPF com Estenssoro em 1994. Desse modo, ao terminar a faculdade na Pensilvânia, Galperin voltou para a Argentina para começar a trabalhar na empresa.

Em 1997, ele retornou aos Estados Unidos para estudar na Stanford Graduate School of Business — faculdade em que se formou no ano de 1999. Assim, ele passou a ter dois diplomas na área de finanças.

Durante o ano de 1998, o futuro empreendedor foi associado da JPMorgan, uma líder mundial em serviços financeiros. Nessa empresa, Galperin exerceu o cargo de vendas e negociação de renda fixa, além de atuar com derivativos de crédito.

Qual é o principal empreendimento de Marcos Galperin?

Você já viu que Marcos Galperin atuou em diversas frentes, desde a companhia petrolífera YPF S.A. na Argentina até como associado da JPMorgan. Contudo, o seu principal empreendimento foi a companhia de comércio eletrônico MercadoLivre.

Assim, a história da companhia se confunde com o sucesso profissional desse empreendedor, tendo em vista sua expansão e relevância. Confira a seguir essa trajetória:

Como surgiu o MercadoLivre?

Marcos Galperin teve a ideia de criar o MercadoLivre quando ainda estudava na Stanford Graduate School of Business. Foi lá que ele conheceu o professor Jack McDonald, que mantinha contato com diversos investidores e fundos de importância mundial.

Na época, Galperin percebeu que a internet e, principalmente, o mercado eletrônico teriam uma grande expansão na vida das pessoas. Ele previu que as vendas por meio dessas plataformas fariam parte do futuro e do dia a dia dos cidadãos.

Dessa maneira, sua ideia era trazer para a América Latina, região com ainda pouca difusão desse meio, uma espécie de eBay. Esse site é considerado, até hoje, um dos maiores e-commerces do planeta.

Com a ajuda de McDonald, Galperin conseguiu o comprometimento e interesse de John Muse no negócio. Ele é criador da empresa HM Capital Partners, focada no fomento empresarial. Assim, foi Muse quem realizou o investimento inicial para tirar a companhia do papel.

Então, ainda em 1999, surgia o MercadoLivre — liderado por Galperin e seu sócio, Hernan Kazah. A partir de então, o negócio recebeu diversos investimentos de empresas importantes. Entre elas estão a Goldman Sachs, JPMorgan, Banco Santander e outras instituições financeiras.

Foi também em 1999 que Galperin se uniu ao brasileiro Stelleo Tolda para expandir o MercadoLivre na América Latina.

Abertura de capital na Nasdaq

Devido a todos esses investimentos e o sucesso do negócio, o MercadoLivre se tornou uma empresa lucrativa e de reflexos mundiais. Em pouco tempo ela foi a primeira companhia de tecnologia latino-americana a ser listada em bolsa dos Estados Unidos.

No ano de 2007, ocorreu o IPO, ou oferta pública inicial, do MercadoLivre na Nasdaq, a segunda maior bolsa de valores dos EUA e do mundo. Dessa forma, suas ações podem ser acessadas pelos investidores por meio desse mercado.

Também existem BDRs, ou brazilian depositary receipts, negociados na bolsa de valores brasileira, que viabilizam acesso ao MercadoLivre. Esses certificados representam as ações negociadas no exterior e têm uma oscilação de preços muito próxima ao ativo-alvo.

Logo, investidores brasileiros podem se expor aos papéis da empresa de Marcos Galperin a partir de uma conta em banco de investimentos brasileiro. Para isso, é só acessar o home broker e realizar a ordem de compra dos BDRs de ticker MELI34.

Mas lembre-se de que esse investimento precisa ser baseado no seu perfil de investidor, nos seus objetivos financeiros e na estratégia de investimentos. Portanto, a ajuda de uma assessoria pode ser importante para entender melhor essa decisão e suas consequências.

Conglomerado MercadoLivre

Antes de investir, também é importante conhecer as empresas do grupo econômico do MercadoLivre. Afinal, elas são fundamentais para o funcionamento da plataforma e atuam em diversos segmentos de alta relevância para o e-commerce.

Nesse contexto, o MercadoLivre é dono do Mercado Pago e do Mercado Envios. O primeiro é uma fintech de serviços de pagamento, vinculado à plataforma de negociação. O objetivo é trazer mais segurança e praticidade para os usuários.

Já o Mercado Envios é um braço de logística da empresa. Assim, ele trabalha com estoques, galpões e entregas das mercadorias comercializadas pela plataforma. Com isso, os usuários têm garantia de entrega e, até mesmo, isenção no pagamento de frete.

Além delas, o MercadoLivre possui setores de publicidade e lojas físicas, que atuam em diversos países, acompanhados do e-commerce.

Pronto! Agora você já conhece melhor a história de Marcos Galperin e a trajetória de sua empresa, o MercadoLivre. Lembre-se de que se você quer investir na companhia, é possível fazer o aporte indiretamente, via bolsa brasileira.

Ficou interessado em conhecer mais sobre os BDRs e outras alternativas da bolsa? Então conte com a Renova Invest!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.