Renova Invest Facebook

(BAKE) BakeryToken: saiba mais sobre esse token

BakeryToken (BAKE)
BakeryToken (BAKE)

O mercado de criptomoedas e ativos digitais está se expandindo rapidamente — e novas tecnologias têm surgido. Com isso, também são desenvolvidas diversas plataformas para permitir a negociação de criptoativos. Por exemplo, o BakerySwap — que envolve o token BAKE.

Essa plataforma apresenta diversas oportunidades nas finanças descentralizadas (DeFi). É o caso, por exemplo, de negociação de moedas digitais, compra e venda de NFTs e recebimento de tokens como recompensa por oferecer liquidez ao mercado.

Quer saber mais? Neste artigo, você conhecerá o protocolo BakerySwap, bem como o seu token nativo, o BAKE. Vamos lá?

O que é o BakerySwap (BAKE)?

O BakerySwap é um protocolo de DeFi criado na Binance Smart Chain, semelhante à Uniswap. Nesse sentido, para entender melhor o funcionamento dele é preciso conhecer o conceito de finanças descentralizadas.

Elas são alternativas que não dependem de um sistema central. Ou seja, existem plataformas que permitem negociações financeiras sem a mediação de um banco, por exemplo. Nesse caso, as transações são realizadas por contratos inteligentes, a partir da tecnologia blockchain.

Assim, o BakerySwap é uma corretora descentralizada que permite diversas transações — especialmente com seu token BAKE. Os usuários podem, por exemplo, guardar seus BAKEs em uma espécie de poupança e receber rendimentos por eles.

Também é possível minerar criptomoedas ou receber os ativos ao utilizar a plataforma para oferecer mais liquidez ao mercado. Ademais, o BakerySwap funciona como marketplace para vender NFTs (non-fungible tokens) de diversos ativos a partir de leilões entre os usuários.

Como funciona essa plataforma?

O protocolo BakerySwap foi criado na Binance Smart Chain. Isso o diferencia da maioria dos protocolos de DeFi — que são feitos na rede ethereum. Entre as razões para a escolha estão os custos mais baixos e o menor tempo de confirmação das transações.

Assim, o BakerySwap atua como um exchange descentralizada (DEX), que funciona a partir do modelo Automated Market Maker (AMM). Ele pode ser traduzido como criador de mercado automatizado e utiliza uma fórmula matemática para a precificação dos ativos.

Com isso, não existe um livro de ordens para buscar a correspondência entre as partes de uma negociação. A operação é realizada em um liquidity pool (traduzido ao pé da letra para piscina de liquidez).

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


Esse funcionamento resolve uma das dificuldades no mercado das criptomoedas: garantir a liquidez para as operações. Afinal, em ativos menos populares, ela pode ser mais baixa. Então o algoritmo AMM foi uma solução para gerar mercados, aumentando a liquidez dos tokens.

Funciona assim: duas criptomoedas são depositadas nas liquidity pools e devem respeitar uma equação. Se houver uma variação no preço de uma das moedas, a outra é comprada ou vendida para eliminar a diferença.

Uma das características desse sistema são as recompensas recebidas pelos usuários que bloqueiam as suas criptomoedas nas equações e passam a ser fornecedores nas pools. Eles são remunerados com tokens de Provedor de Liquidez (LP), que podem ser convertidos em outras moedas.

O que é o token BAKE?

Depois de conhecer a plataforma BakerySwap, você deve entender o seu token de governança nativo BEP-20 — o BakeryToken (BAKE). Ele foi lançado em setembro de 2020 e, como vimos, pode ser obtido quando o usuário gera liquidez para a plataforma.

Esses ativos também podem ser utilizados para a votação em assuntos relacionados à governança, além de gerarem dividendos das taxas de transação. Ademais, a criptomoeda pode ser utilizada nas operações de compra e venda de NFTs.

O nome Bakery vem da língua inglesa e significa “padaria”, enquanto BAKE, que também tem origem nesse idioma, significa “assar”. Assim, a plataforma se relaciona ao universo da padaria, o que pode ser visto na hora de conquistar os tokens nativos.

Por exemplo, o menu da Bakery recebe nomes inspirados em alimentos, como: bread (pão), cake (bolo), toast (torrada) etc. Cada item do menu representa um tipo diferente de operação, permitindo que o usuário realize o staking das pools de liquidez suportadas para obter BAKE.

Quais são as vantagens e os riscos do BakeryToken (BAKE)?

Até aqui você teve contato com informações importantes sobre a BakerySwap e o seu token, o BAKE. Para saber se essa alternativa faz sentido para a sua carteira de investimentos, é importante conhecer mais sobre as suas vantagens e os riscos.

Entre as vantagens do BakeryToken, estão o dinamismo da plataforma e a possibilidade de valorizações do seu token. A título de exemplo, em outubro de 2020, a moeda custava menos de um centavo. Em maio de 2021, ela atingiu o preço de US$ 8.

Cabe também destacar que essa é uma alternativa com poucas unidades disponíveis no mercado (menos de 200 milhões). Em comparação a outras moedas, que contam com bilhões de tokens disponíveis, o BAKE pode oferecer um maior potencial de valorização por conta da escassez.


No entanto, não há garantias de resultados positivos em tokens de renda variável. Assim, o BAKE também teve quedas importantes. Por exemplo, em 25 de janeiro de 2022, o BakeryToken estava precificado em US$ 0,58.

Por isso, apesar das vantagens, é fundamental ter em mente que esse é um investimento com muitos riscos. Além das oscilações intensas no preço do ativo, ainda há uma dificuldade de regulamentação das exchanges no Brasil — o que reduz a segurança da alternativa.

Quando investir em BakeryToken (BAKE)?

Agora que você já conhece mais a respeito do BakeryToken, é importante ponderar sobre quando vale a pena investir nessa alternativa. Essa é uma decisão individual e deve se pautar em uma análise cuidadosa.

O primeiro fator a ser considerado é o seu perfil de investidor, que indica a sua tolerância aos riscos do mercado financeiro. Como vimos, o token BAKE é um ativo com riscos elevados, o que faz dele uma alternativa mais adequada para o perfil arrojado.

Já sobre os riscos de regulamentação, é possível encontrar formas de investimento em criptomoedas com segurança institucional, que oferecem uma exposição indireta aos ativos. As principais formas de fazer isso são por meio dos fundos de investimentos e os ETFs (exchange traded funds).

Conseguiu entender o que é o token BAKE, suas características e funcionalidades? Essa é uma alternativa moderna e tecnológica de realizar transações — e pode ser considerada um investimento. Contudo, é importante analisar os riscos e buscar formas mais seguras de se expor ao universo dos criptoativos.

Tem dúvidas sobre os ativos regulados disponíveis no mercado financeiro? A assessoria de investimentos pode ajudar. Entre em contato com a Renova Invest para saber mais!

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.