Análise Completa: Resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20
Análise Completa: Resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20

Análise Completa: Resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20

No dia 08 de fevereiro, foi apresentado o resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20 e a equipe do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Duratex apresenta resultados expressivos

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da Duratex (DTEX3) superou as expectativas do mercado com números acima das projeções. O relatório também aponta, como positivo, a agenda de transformação e de retorno adotada pela equipe de gestão. As projeções para a empresa são positivas.

Os destaques do período foram o aumento da receita líquida e o crescimento expressivo do EBITDA.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações DTEX3 estavam sendo negociadas a R$ 21,30. A capitalização de mercado era de R$ 14,72 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 52,7 milhões.

Resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20

Divisões em alta

A Duratex apresenta as divisões Madeira, Deca e Cerâmica. Todas performaram bem no 4T20, apresentando resultados positivos e acima do esperado pelos analistas do BTG Pactual.

Segundo o relatório do BTG Pactual, o maior destaque é a divisão de madeira. Esta apresentou EBTIDA de R$ 320 milhões, número que revela alta de +90% em relação ao 4T19. O resultado acima do esperado pelo consenso de mercado, foi impulsionado pelo aumento dos preços e pelo controle dos custos.

Os analistas do BTG Pactual também destacam a divisão Deca, com EBITDA de R$ 125 milhões, revelando alta de +86,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. O número foi alavancado pela alta nos preços e aumento da demanda. A divisão Cerâmica apresentou EBTIDA de R$ 71 milhões, com alta no volume de vendas.

Endividamento

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o endividamento da companhia no 4T20 foi de R$ 1,48 bilhão, R$ 408 milhões abaixo do apresentado em 3T20. Essa queda reduziu a alavancagem financeira ( técnica usada para potencializar o lucro através da captação de crédito) da Duratex, atingindo 1,2x no 4T20 vindo do 1,8x do 3T20.

Segundo o relatório divulgado pela empresa, a Duratex tem agido de forma a reduzir os custos de suas dívidas e aumentar o prazo de liquidação através do pré-pagamento das dívidas adquiridas no início da pandemia. Assim, o 4T20 é marcado por uma forte redução de dívidas no curto prazo em comparação aos outros trimestres.

Receita Líquida supera os resultados de 2019

Segundo o relatório publicado pela Duratex, a receita líquida da companhia totalizou R$ 1,89 bilhão. O número revela alta de +6,20% em relação ao trimestre anterior e alta de +27,4% em relação ao 4T19.

Os analistas do BTG Pactual destacam que essa alta foi impulsionada pela bem sucedida política de aumento de preços, e aumento da demanda no ramo de materiais para construção. Em suma, o contexto de pandemia com home office, juros baixos e auxílio governamental impulsionaram o volume de vendas e, por consequência, elevaram a receita líquida.

EBITDA surpreende

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Duratex foi de R$ 516 milhões. O número revela alta de +19% em relação ao trimestre anterior e alta de +86% em comparação ao 4T19.

O resultado apresentado supera em 4% as estimativas da equipe de analista do BTG Pactual. Segundo o relatório, o resultado é impulsionado por volumes ligeiramente superiores  e custos menores.

Lucro Líquido com alta de +140%

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Duratex no quarto trimestre foi de R$ 301,6 milhões. Esse resultado representa alta de +5,9% em relação ao trimestre anterior e alta de +143,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Segundo o que foi divulgado pela Duratex, o número representa a sua bem sucedida política de aumento dos preços, investimentos em melhorias de produtividade e redução de custos. Também é importante ressaltar o aumento no volume de vendas, reflexo do crescimento do setor de reformas e lançamentos imobiliários.

Resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20

Resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20: Recomendação

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Duratex (DTEX3) tem uma grande história de crescimento pela frente, a empresa possui números positivos e consolidados, além de um potencial de valorização.

Assim, estabelece recomendação de compra com preço-alvo em R$ 24,00.

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Duratex (DTEX3) para o 4T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.