No dia 04 de março de 2021, foi apresentado o resultado da B2W Digital (BTOW3) para o 4T20 e as equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual já realizaram a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Geração de caixa e lucro líquido surpreendem

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da B2W Digital (BTOW3) foi abaixo do esperado, mas 2021 está se mostrando melhor para a empresa com as iniciativas realizadas ao longo do ano passado.

Enquanto isso, de acordo com o relatório da Eleven, o desempenho ficou na linha das expectativas da equipe. Houve reversão do prejuízo líquido registrado no 4T19 e geração de caixa.

Os destaques do período foram geração de caixa e reversão do prejuízo líquido.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações BTOW3 estavam sendo negociadas a R$ 74,70. A capitalização de mercado era de R$ 41,81 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 360,68 milhões.

Resultado B2W Digital (BTOW3) para o 4T20

Ritmo de crescimento mais lento no 4T20

De acordo com o BTG Pactual e a Eleven, a B2W Digital reportou um ritmo de crescimento mais lento e abaixo do registrado por dois de seus principais concorrentes (VVAR e MELI) no 4T20.

Entretanto, ao longo de 2020, a empresa realizou diversas iniciativas que devem permitir uma aceleração daqui em diante. Entre elas, estão as melhorias na estratégia O2O (Online-to-Offline) e a sua nova plataforma, lançada recentemente.

A receita líquida totalizou R$ 3,3 bilhões, alta de +50% na comparação de base anual. Por sua vez, o lucro bruto atingiu R$ 1,1 bilhão e a margem bruta aumentou para 32,9% (+10 bps).

Entre os resultados da B2W, os mais notáveis foram a forte geração de caixa, R$ 718 milhões, e o TPV (volume total de pagamento) da Ame Digital, de R$ 5,9 bilhões,

Por fim, a surpresa do período foi o lucro líquido, influenciado por uma redução expressiva das despesas financeiras. Dessa forma, a empresa reverteu o prejuízo do 4T19.

GMV consolidado tem alta de +38%

Conforme o relatório do BTG Pactual, o GMV consolidado da B2W atingiu R$ 9,2 bilhões, alta de +38% na comparação de base anual. Nota-se que o GMV considera o volume bruto de mercadorias.

Como a divisão entre o GMV 1P   (vendas de estoque próprio) e 3P (marketplace)  praticamente se manteve inalterada, as margens da B2W foram mantidas no período, segundo a Eleven.

O GMV 1P cresceu +51%, enquanto o GMV 3P cresceu +31% na comparação de base anual, desacelerando sequencialmente em relação aos trimestres anteriores. Nota-se que o GMV 3P corresponde a 61% do GMV total.

Iniciativas realizadas em 2020

Ao longo de 2020, a empresa realizou diversas iniciativas que devem permitir uma aceleração daqui em diante, segundo a Eleven.

No ano passado, foi incluída a categoria Mercado, sendo a maior em número de itens vendidos na plataforma. Além disso, o sortimento teve um aumento de +196% na comparação de base anual. Esse aumento foi suportado pela inclusão de 7,4 mil novos vendedores no 4T20.

Por sua vez, teve melhorias na estratégia O2O da B2W. A partir de agora, essa estratégia passa a considerar a região do usuário para recomendar produtos de forma mais eficiente, visando otimizar o custo e o tempo do frete.

Ademais, deve-se considerar os esforços logísticos, que entregou 40% dos pedidos dentro de 24 horas, devido aos 22 Fulfilment Centers (FCs) espalhados por 12 estados. As FCs estão associadas à redução de estoques e à especialização no atendimento.

Por fim, a nova plataforma da empresa, que tem por objetivo aumentar a competitividade entre seus vendedores, com novas regras de comissionamento, políticas de frete grátis e benefícios de acordo com seu nível de serviços.

Bom tráfego, variedade e experiência do usuário

Na frente qualitativa, a B2W Digital conta com um ecossistema com tráfego, variedade e boa experiência do usuário, segundo a BTG Pactual

A empresa adicionou mais de 7 mil vendedores no 4T20, totalizando 87,3 mil vendedores no final do trimestre (contra 79,8 mil no 3T20), com 87,2 milhões de SKU (unidade de manutenção de estoque) contra 56,4 milhões no trimestre anterior. Por sua vez, o número de clientes ativos atingiu 21,4 milhões no 4T20 (+5,4 milhões novos clientes).

Em logística, a LET’S atingiu 40% do total de entregas no mesmo dia (contra 33% no 3T20) e 11,5% das entregas em 3 horas, enquanto a B2W Entregas atingiu 97,5% do total de vendedores. Além disso, foram inauguradas cinco FCs, o que deve ser importante para sua estratégia de atração e retenção de novos vendedores.

A B2W também anunciou que o TPV da Ame Digital foi de R$ 5,9 bilhões (alta de +20% na comparação de base anual). Nota-se que a Ame atingiu 17 milhões de downloads e 3 milhões de estabelecimentos conectados no 4T20.

Recentemente, as negociações com a BR Distribuidora avançaram, o que impulsionou o volume de vendas para o universo Americanas. Além disso, a B2W vem acelerando a expansão da Ame em estabelecimentos de alta recorrência e lançou seu cartão de crédito em parceria com o BB.

Perspectivas positivas para 2021

De acordo com o BTG Pactual, a B2W mencionou uma grande aceleração sequencial em seu GMV nos primeiros meses de 2021.

Na comparação de base anual, o GMV registrou alta em janeiro (+83%) e em fevereiro (+90%), especialmente impulsionada por sua divisão de marketplace. O resultado é reflexo de uma estratégia mais agressiva/ assertiva nas comissões, envio e segmentação de vendedores com base na experiência do usuário.

Nota-se que parte da estratégia O2O deve perder espaço nos próximos meses. Isso levou a uma correção das ações da empresa, que caíram -14% nos últimos 30 dias. Além disso, o ambiente macroeconômico continua volátil.

Entretanto, há também uma tendência estrutural positiva para plataformas horizontais com grande variedade, tráfego em sua plataforma e foco em níveis de serviço, o que deve garantir uma consolidação mais rápida do e-commerce entre alguns potenciais vencedores, como a B2W.

Os resultados registrados no início de 2021 devem levar a um melhor momentum para as ações no curto prazo, principalmente após a recente correção. Portanto, as ações da empresa estão sendo negociadas com um grande desconto em relação a outros pares (1,0x EV/GMV), o que a torna atrativa no momento.

Por fim, o potencial de combinação de sua operação com a Lojas Americanas e as perspectivas de crescimento alavancando O2O devem ser bastante beneficiadas em breve, favorecendo a B2W este ano.

Resultado B2W Digital (BTOW3) para o 4T20

EBITDA ajustado e margem aumentam no trimestre

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA ajustado da B2W Digital ficou em R$ 386 milhões. O número revela alta de +52% na comparação de base anual. Por sua vez, a margem EBITDA da empresa ficou em 11,6% (aumento de +10 bps na comparação de base anual).

Companhia surpreende e reverte prejuízo do 4T19

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da B2W Digital no 4T20 foi de R$ 16 milhões contra o prejuízo líquido de R$ 22 milhões no 4T19. O resultado foi auxiliado por menores despesas financeiras e pela geração de caixa.

Resultado B2W Digital (BTOW3) para o 4T20

Resultado B2W Digital (BTOW3) para o 4T20: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a B2W Digital (BTOW3) conta com um melhor momentum operacional de curto prazo e valuation com desconto em função da correção, o que torna as ações da empresa mais atrativas.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 120,00.

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que o conjunto de novas estratégias apresentado pela B2W Digital (BTOW3) em janeiro deve permitir uma retomada do crescimento este ano. Ademais, a equipe acredita que com a potencial combinação de sua operação com a Lojas Americanas e alavancas O2O poderão ser bastante beneficiadas.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 132,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise das equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual sobre o resultado da B2W Digital (BTOW3) para o 4T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.