Renova Invest Facebook

A Recuperação Judicial da 123milhas: Uma Análise Detalhada

A empresa de venda de passagens aéreas com milhas, 123milhas, e sua holding controladora Novum Investimentos e Participações entraram com pedido de recuperação judicial na 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte. Esse pedido vem após a suspensão da venda de passagens até dezembro deste ano. Com uma dívida total de R$ 2,3 bilhões, a empresa busca suspender todas as ações judiciais e os pagamentos de dívidas pelo período de 180 dias, além de interromper medidas extrajudiciais por parte de órgãos de defesa do consumidor.

A Situação Financeira da 123milhas e a Origem da Empresa

A 123milhas, sediada em Belo Horizonte, tem como sócios os irmãos Ramiro Madureira, Augusto Madureira e Tania Madureira. A empresa controladora Novum conta com uma participação de 60% de Ramiro Madureira, enquanto Augusto Madureira e Tania Madureira possuem 20% cada. A família Madureira teve seus negócios iniciados com a produtora e exportadora de café Minas Export, vendida para a multinacional americana Sara Lee em 2009.

A Suspensão da Emissão de Passagens e as Ações Judiciais

A 123milhas anunciou, em agosto deste ano, a suspensão da emissão de passagens adquiridas em 2021 por meio de pacotes promocionais com datas flexíveis previstas para setembro e dezembro. Essa suspensão se deu devido ao descasamento entre a venda desses pacotes e a compra das passagens aéreas, o que gerou dificuldades para cumprir os contratos, resultando em múltiplas ações judiciais contra a empresa.

De acordo com a petição de recuperação judicial, apenas em Belo Horizonte, são ajuizadas, em média, quatro ações judiciais por hora contra a 123milhas. Além disso, órgãos de proteção ao direito do consumidor, como o Procon, também entraram com medidas exigindo o pagamento dos créditos para os clientes.

O Crescimento e o Volume de Vendas da 123milhas

Fundada em 2016, a 123milhas alcançou o primeiro lugar na venda de passagens aéreas online em 2022, atendendo uma média de 5 milhões de clientes por ano. Com investimentos fortes em marketing e campanhas publicitárias com artistas renomados, a empresa obteve um volume bruto de vendas de R$ 6,1 bilhões em 2022.

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

As Causas da Crise Financeira da 123milhas

A empresa esperava ter uma receita maior com a venda cruzada de outros produtos, como reservas de hospedagem e passeios, atrelados ao pacote de viagem. No entanto, essa expectativa não se concretizou. Além disso, a 123milhas também enfrentou o aumento do número de pontos requeridos para a emissão de passagens com milhas pelas companhias aéreas, o que afetou a competitividade da empresa.

A taxa para antecipação de recebíveis também impactou negativamente os negócios da empresa, visto que ela aumentou de 0,3% ao mês em 2021 para 1,5% ao mês este ano, acompanhando a alta da taxa básica de juros.

O Pedido de Recuperação Judicial e a Suspensão de Pagamentos

Com a suspensão da venda de passagens, a receita da 123milhas diminuiu, aumentando os pedidos de cobrança por parte dos credores. O pedido de recuperação judicial feito pela empresa tem como objetivo suspender esses pagamentos e garantir a continuidade das atividades enquanto busca se reestruturar financeiramente.

No entanto, é importante ressaltar que o pedido de recuperação judicial ainda precisa ser deferido pela Justiça. Caso seja aceito, será avaliado o plano de pagamento proposto pela empresa e homologado pelo juiz responsável. A recuperação judicial é uma medida que permite à empresa concentrar em um único juízo todos os valores devidos, buscando soluções com os credores para reequilibrar sua situação financeira progressivamente.

Impacto nos Consumidores e no Setor Turístico

A suspensão da emissão de passagens e pacotes da 123milhas causou preocupação entre os consumidores, especialmente aqueles que já haviam adquirido viagens pela empresa. A opção de receber indenização por meio de voucher também gera incertezas, já que não há garantia de que os serviços serão cumpridos caso a empresa esteja com dificuldades financeiras.


A situação da 123milhas reflete a crise enfrentada pelo setor turístico brasileiro, que foi impactado pela pandemia e pelas restrições de viagem. A empresa e seus gestores se comprometem a trabalhar em conjunto com as autoridades competentes, visando pagar suas dívidas, recompor sua receita e continuar contribuindo para o setor turístico do país.

Considerações Finais

A 123milhas enfrenta um desafio significativo com o pedido de recuperação judicial e busca soluções para sua situação financeira. A suspensão da emissão de passagens e pacotes promocionais gerou uma avalanche de ações judiciais e dificuldades com os credores. A recuperação judicial pode ser uma oportunidade para a empresa reorganizar suas finanças e trabalhar em conjunto com os credores para superar essa crise.

É importante acompanhar o desenrolar desse processo e verificar como a 123milhas irá se reestruturar e retomar suas atividades, garantindo a confiança dos consumidores e a sustentabilidade de seus negócios. O setor turístico brasileiro também precisa se recuperar e adaptar-se às demandas do mercado pós-pandemia, buscando a retomada do crescimento e a oferta de serviços de qualidade aos viajantes.

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.