Você cuida do seu patrimônio? Muitas pessoas ainda desconhecem a importância de fazer uma gestão patrimonial eficiente. E não estamos falando apenas de quem tem grandes fortunas para gerenciar – todos deveriam se preocupar com essa questão.

De modo amplo, patrimônio é tudo aquilo que você ou sua família possui, incluindo bens, direitos e demandas associadas aos ativos. Elas envolvem, por exemplo, os impostos devidos com relação ao patrimônio e as dívidas.

Neste artigo, você entenderá melhor o que é e qual a importância da gestão patrimonial. Não perca!

O que é gestão patrimonial?

Podemos definir a gestão patrimonial como o gerenciamento dos bens disponíveis. No caso de uma pessoa física ou de uma família, o patrimônio envolve os imóveis, o dinheiro disponível em conta e em investimentos, a participação em um negócio, entre outros fatores.

O objetivo da gestão patrimonial é dar assistência completa e atuar ativamente para alcançar as metas desejadas. Para isso, esse gerenciamento também visa garantir a proteção e a disponibilidade futura dos recursos.

Quando o assunto é gestão patrimonial empresarial, o propósito é manter o equilíbrio e assegurar a continuidade do negócio. Já no caso de uma pessoa ou família, há um fator relacionado à segurança financeira e ao longo prazo.

Em geral, o gerenciamento é feito por profissionais. Mas pode envolver diferentes alternativas, dependendo da situação. Por exemplo, o family office – relacionado ao patrimônio familiar – e o wealth management (também chamado de gestão de fortunas) – quando envolve valores elevados.

Como funciona a gestão patrimonial?

Cada patrimônio tem características específicas, de forma que a gestão patrimonial precisa ser diferente em cada situação. No entanto, é comum que algumas etapas se repitam, como a definição dos objetos relacionados ao dinheiro e aos bens.

Em geral, espera-se proteger os recursos e garantir que eles estejam disponíveis ao longo dos anos. A gestão também envolve um conhecimento amplo sobre os bens e suas características. Para isso, podem ser utilizados inventários ou outros demonstrativos.

É importante, ainda, considerar a tomada de decisão em relação à performance esperada do capital. Por isso, é habitual a realização de investimentos, o que ajuda a manter o poder de compra do dinheiro e a rentabilizar o montante acumulado.

Como você viu, na maior parte dos casos, as etapas são realizadas por profissionais experientes, qualificados e contratados especificamente para a tarefa. Assim, o dono do patrimônio não precisa se preocupar com questões práticas ou operacionais.

Principais características

As principais características da gestão patrimonial estão relacionadas aos indicadores qualitativos e aos aspectos quantitativos utilizados nas avaliações. Na parte qualitativa, os bens e direitos são classificados entre categorias, reconhecendo características de perfil e identificando necessidades.

Já com relação aos aspectos quantitativos, os bens e direitos são analisados para que seja possível entender quanto eles valem ou se estão desvalorizados, por exemplo. Nesse momento, também são definidos os objetivos estratégicos, de forma que eles possam ajudar na tomada de decisão.

Como cada patrimônio tem características específicas, os indicadores que serão utilizados variam de acordo com o caso em questão.

Importância geral da gestão patrimonial

Você pode estar pensando que a gestão patrimonial é um assunto relevante apenas para quem possui grandes fortunas. No entanto, essa premissa não é verdadeira, pois o gerenciamento é importante para todos que possuem patrimônio, ainda que pequeno.

Quando realizada de forma profissional e estruturada, a gestão patrimonial pode trazer diversos benefícios. Um deles envolve a tranquilidade no futuro de toda a família.

Afinal, um dos objetivos principais do gerenciamento é evitar a dissipação dos bens com o passar do tempo. Se ele não for investido, por exemplo, pode perder poder de compra em decorrência da inflação.

Assim, uma boa gestão ajuda a manter o padrão de vida atual e a proteger o patrimônio para as próximas gerações. Também é uma forma de obter segurança em momentos de crise.

Ao diversificar a carteira de investimentos, por exemplo, é possível reduzir o nível de perdas causado pela queda de uma taxa (como a Selic) ou por uma mudança súbita no mercado.

De acordo com o seu perfil e estratégia, é possível aumentar a rentabilidade do patrimônio e torná-lo maior, independentemente do valor que você possui. Dessa forma, o gerenciamento é fundamental para melhorar a performance dos recursos e oferecer mais tranquilidade no futuro.

Como fazer uma boa gestão patrimonial?

Como você viu, a melhor forma de aproveitar as vantagens da gestão patrimonial é realizando-a de forma profissional e estruturada.

Confira o que pode ser feito junto aos profissionais:

Identificação do perfil e as necessidades

Primeiro, a equipe deve avaliar suas características, como padrão de vida, perfil de risco, patrimônio atual e objetivos. Com isso, é possível criar um plano personalizado para atender às suas necessidades.

Levantamento de bens

Em seguida, é feito um balanço patrimonial. Atividades de controle de bens e inventário também podem ser realizadas. O objetivo é ter uma visão completa sobre valores e posses.

Planejamento financeiro

O próximo passo inclui fazer um bom planejamento financeiro. Ele envolve tanto as suas necessidades quanto as da sua família, visando a distribuição de recursos de acordo com as expectativas.

Além do planejamento orçamentário, há a definição de metas e a criação de mecanismos para ter o controle dos resultados. Também se pensa de que forma o dinheiro deve ser usado para alcançá-los. Por fim, o planejamento serve para controlar as obrigações geradas, como impostos.

Conte com uma assessoria de investimentos

Um dos profissionais que pode auxiliar na gestão patrimonial é o assessor de investimentos. Ele é capaz de auxiliá-lo na tomada de decisões relacionadas às oportunidades do mercado financeiro, pois apresenta alternativas e tira dúvidas sobre os investimentos.

Assim, você pode montar uma carteira mais alinhada ao seu perfil de investidor e objetivos. O serviço é gratuito e oferecido por um escritório de assessoria vinculado à instituição financeira que você utiliza.

Entendeu a importância da gestão patrimonial? Ela ajuda a garantir mais segurança para tudo o que você já conquistou. Por isso, se você se preocupa com o seu futuro e com o de sua família, pode ser interessante investir nesse gerenciamento.

Que tal começar elevando a rentabilidade do seu patrimônio? Entre em contato conosco e conheça as opções do mercado adequadas ao seu perfil e objetivos para fazer a melhor escolha!

Investir em empresas estrangeiras não precisa ser difícil!

Baixe nosso e-book e saiba como ser sócio das gigantes internacionais: Amazon, Google, Apple, Facebook, entre outras!