Com o avanço da tecnologia, cada vez mais usuários começaram a se preocupar com a privacidade de dados, incluindo investidores de moedas digitais. Assim, começaram a surgir criptoativos com essa proposta. Nesse sentido, é interessante conhecer o que é DigitalNote.

Afinal, a plataforma e moeda digital têm uma proposta focada no anonimato por meio de criptografia. Mas, ao mesmo tempo em que oferece vantagens e diferenciais, tem riscos que devem ser considerados antes de qualquer decisão.

Quer saber mais? Então acompanhe este artigo para descobrir o que é DigitalNote e compreenda o que ele tem de único no mercado de criptoativos!

O que é DigitalNote?

O DigitalNote é tanto uma criptomoeda quanto uma plataforma de código aberto baseado em blockchain. É uma alternativa descentralizada e que foca, principalmente, na segurança de dados e no anonimato.

Foi criada em 2014 e já se chamou DarkNote e duckNote. Um dos seus pilares fundamentais é o uso da criptografia CryptoNote.

Como ela funciona?

O funcionamento desse criptoativo envolve o uso de chaves únicas e não-identificáveis, o que faz com que os usuários aproveitem ao máximo anonimato no uso.

A rede disponibilizada permite realizar transações em questões de segundos, com ajuda da tecnologia em blocos. No total, existem 5 bilhões de moedas em circulação, com um limite de 7 bilhões disponíveis.

Em relação à segurança, o DigitalCoin utiliza dois protocolos de consenso: proof-of-work (PoF) ou prova de trabalho e proof-of-stake (PoS) ou prova de participação.

No primeiro caso, o processo de mineração pode ser feito individualmente ou no modelo pool, com recursos mais potentes. Já a prova de participação envolve o uso de moedas para validar operações da rede.

Além disso, o algoritmo de mineração permite a realização do que é conhecido como staking. Pela configuração da carteira dessa criptomoeda, é possível obter ganhos passivamente.

Quais são as suas vantagens?

Em termos de características e benefícios, um dos principais aspectos da DigitalNote é o anonimato que ela oferece. As transações não são rastreáveis e também não podem ser atribuídas a um usuário específico. Como consequência, há como proteger a sua privacidade.

Outro ponto importante é que ela possui uma carteira própria, que pode ser acessada até mesmo via mobile. Ao mesmo tempo, como você viu, é altamente segura – já que a rede conta com proteção contra certos tipos de ataques.


Ela também permite estabelecer uma comunicação ponto a ponto, totalmente criptografada e que não pode ser censurada ou interceptada.

Para quem realiza a mineração, essa criptomoeda oferece previsibilidade, pois a criação de bloco leva apenas alguns minutos. Com as estratégias corretas, é possível aumentar a remuneração por cada transação validada ou bloco descoberto, por exemplo.

Para completar, a plataforma está em constante desenvolvimento, tanto por parte da comunidade quanto pela equipe. Como consequência, existe uma grande expectativa de que o criptoativo possa se adaptar às novas necessidades e superar desafios, como novas ameaças.

Quais são os riscos do criptoativo?

Saber o que é DigitalNote exige conhecer seus riscos e um dos principais envolve a capitalização. A adesão ainda é relativamente baixa e isso também impacta o seu desempenho.

Em relação aos valores, a moeda digital atingiu seu pico no começo de 2018, quando passou a ser negociada a US$ 0,06, com capitalização total de pouco mais de US$ 26 milhões.

Ao longo dos anos, o preço caiu novamente, chegando a US$ 0,002, com capitalização de menos de US$ 217 mil. Isso gera dúvidas sobre a capacidade da moeda de se estabelecer ao longo do tempo.


Além do mais, há uma liquidez relativamente baixa. O volume de negociação diário pode não ser suficiente no momento em que você desejar vender as moedas, por exemplo.

Portanto, antes de adquirir o criptoativo é preciso ter em mente que esses pontos elevam muito o risco do aporte. Isso obriga que seu perfil de investidor esteja alinhado com a volatilidade que o investimento pode apresentar.

Por fim, vale reforçar que o investimento em criptomoedas não é regulamentado no Brasil. A alternativa mais segura, neste caso, é fazer aportes por meio de fundos de investimento – estes, sim, regulados para atuar no mercado brasileiro.

Quais são os diferenciais em relação a outras criptomoedas?

Como você pode perceber, apesar de compartilhar algumas características com outros tipos de moeda digital, o DigitalNote é um criptoativo com diferenciais. Como software de código aberto, permite a participação da comunidade para garantir a segurança e para implementar melhorias.

No chamado XDN Bounty Program, os usuários podem ser remunerados por otimizações de programação feitas com o código base.

O criptoativo também se destaca pelas recompensas para Masternodes. Esses são operadores que usam uma configuração específica e que, por isso, podem receber uma recompensa maior a cada validação.

Além de tudo, o próprio algoritmo de mineração alterna entre os protocolos usados e realiza uma tripla checagem. Além de aumentar a segurança, é uma forma de distribuir as recompensas entre os diferentes métodos de validação.

Ao descobrir o que é DigitalNote, você passa a conhecer um criptoativo que é focado na segurança, no anonimato e na eficiência de transferências. Porém, ele também apresenta dúvidas quanto a seu futuro e, portanto, é preciso ponderar os riscos antes de investir.

O que você pensa sobre esse criptoativo tão diferente na comparação com outras alternativas do mercado? Conte nos comentários!