Renova Invest Facebook

ETF GDX: Confira detalhes do fundo VanEck Gold Miners

Muitas pessoas investem em ouro para diversificar e proteger o seu portfólio — especialmente em tempos de crise. Se você quer expor seu capital ao metal precioso, pode se interessar pelo ETF VanEck Gold Miners, também conhecido como GDX.

Além de ter seu preço atrelado aos resultados de empresas mineradoras de ouro, o ETF GDX é cotado em dólar. Logo, ao investir nele, você tem a chance de aproveitar os resultados desse metal precioso e eventuais movimentações do dólar. No entanto, antes de fazer seus aportes, é importante conhecer melhor a alternativa.

Quer saber mais? Acompanhe este conteúdo até o final e confira mais detalhes sobre o ETF VanEck Gold Miners (GDX).

Não perca!

O que é um ETF?

Considerando que o VanEck Gold Miners (GDX) é um ETF, vale a pena entender o conceito e como funcionam os ETFs. A sigla se refere aos exchange traded funds, ou fundos de índice. Trata-se de um investimento de renda variável negociado na bolsa de valores.

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

Na prática, os fundos de índice são veículos de investimento coletivo, formados pelo capital de diferentes investidores. O principal objetivo desse tipo de fundo é replicar o desempenho de um índice de mercado nacional ou internacional.

Dessa forma, o ETF tem um portfólio com os mesmos ativos que compõem a carteira teórica do índice espelhado. A montagem dessa carteira é feita por um gestor profissional e todos os seus participantes (cotistas) se submetem aos seus resultados e riscos.

O que é e como funciona o GDX?

Todo ativo negociado em bolsa de valores possui um código de negociação, também chamado de ticker. No caso, GDX é o ticker do ETF VanEck Gold Miners — um fundo de índice norte-americano negociado NYSE (uma das bolsas de valores estadunidenses).

Criado em 2006, em meio a uma tendência altista do ouro, o GDX busca acompanhar o desempenho do NYSE Arca Gold Miner Index. Trata-se de um índice composto por empresas mineradoras de ouro, listadas em bolsas nos Estados Unidos e no Canadá.

Vale destacar que o ouro é frequentemente visto como um porto seguro para investidores, principalmente em cenários de incertezas. Isso porque ele possui correlação negativa com os mercados mundiais. Assim, quando as bolsas estão em queda, a cotação do ouro costuma subir.


No entanto, em vez de medir o preço do ouro, o respectivo índice mede os resultados das empresas atreladas à sua mineração. Afinal, quanto maior o preço do metal precioso, maiores serão os resultados das companhias que trabalham com o metal precioso.

Confira algumas empresas que integram a carteira teórica do NYSE Arca Gold Miner Index:

  • Barrick Gold (ABX);
  • Newmont (NEM);
  • Franco-Nevada Corporation (FNV);
  • Newcrest Mining (NCM);
  • Wheaton Precious Metals (WPM);
  • Agnico Eagle Mines (AEM).

Por sua vez, a gestão do GDX é feita pela VanEck — uma gestora de ativos norte-americana. Em maio de 2022, ela cobrava 0,53% ao ano a título de taxa de administração. Ademais, esse fundo de índice faz a distribuição de dividendos, podendo atender a quem busca renda passiva no mercado.

No entanto, é preciso ter em mente que o repasse dos dividendos somente é feito quando as empresas que compõem a sua carteira os distribuem. Logo, não existe garantia quanto à frequência ou percentual de recebimento.

Quais as vantagens e riscos de investir no GDX?

O investimento em ETFs, como o GDX, pode oferecer aos cotistas uma série de vantagens. Uma delas é a acessibilidade. Geralmente, o preço de uma cota de ETF costuma ser menor que investir individualmente em cada ativo que compõe o seu portfólio.

Em específico, a carteira do GDX é composta por diversas empresas que atuam com a mineração do ouro. Nesse sentido, tende a ser mais barato adquirir uma de suas cotas que comprar ações de cada uma dessas companhias.

Também conta como vantagem o fato de o ETF GDX ser negociado em dólar em uma bolsa norte-americana. Com isso, ele pode oferecer proteção cambial, assegurando a sua carteira contra a desvalorização do real ou crises no mercado nacional.

Outra vantagem do ETF GDX é o pagamento de dividendos. No mercado brasileiro, os ETFs não distribuem esse provento, já que os gestores reinvestem os valores recebidos. Porém, os ETFs americanos podem repassar as quantias recebidas aos seus cotistas.

No que se refere aos riscos, é preciso lembrar que os ETFs são investimentos de renda variável. Nesse sentido, não é possível saber com antecedência os resultados que serão obtidos. Inclusive, a depender da volatilidade do mercado, eles podem resultar em prejuízos.

Outro risco presente nessa modalidade é o risco de mercado. Na bolsa de valores, os ativos são precificados de acordo com a lei da oferta e demanda. Desse modo, caso a procura por esse investimento diminua, a tendência é que o seu preço passe por quedas — diminuindo o capital investido.

Vale a pena investir no GDX?

Depois de conferir essas informações sobre o ETF, talvez você queira saber se vale a pena investir no GDX. Contudo, não há apenas uma resposta a esse questionamento. Afinal, a escolha de um investimento é individual e deve considerar o perfil de investidor e os objetivos de cada um.

Considerando os riscos existentes, esse investimento costuma integrar a carteira de investidores com o perfil arrojado. No entanto, isso não impede que uma pessoa com perfil moderado ou conservador veja oportunidades nele e busque uma menor exposição, por exemplo.

Entretanto, é preciso ter em mente que o GDX é uma alternativa presente no mercado norte-americano. Portanto, se você quiser investir nele, será necessário ter uma conta de investimento no exterior.

Para se expor ao mercado internacional, direta ou indiretamente, vale a pena contar com o suporte de uma assessoria de investimentos completa — como a Renova Invest. Com o apoio de um assessor, será mais fácil avaliar as alternativas de investimento disponíveis no mercado e tomar decisões mais alinhadas aos seus interesses.

Sabendo agora o que é o VanEck Gold Miners (GDX), você tem uma alternativa de se expor ao ouro, ao passo que também dolariza a sua carteira. De toda a forma, antes de investir nesse ETF, avalie o seu perfil de investidor e seus objetivos para determinar se ele é adequado para você.


Precisa de ajuda para entender melhor o funcionamento de um ETF ou conhecer outras alternativas de investimento? Entre em contato com um de nossos assessores! 

 

Para aprofundar ainda mais seus conhecimentos sobre o mercado financeiro, nos acompanhe nas redes sociais. Estamos no YouTubeInstagramFacebook e LinkedIn!

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.