No dia 07 de maio de 2021, foi apresentado o resultado M Dias Branco (MDIA3) 1T21 e a equipe de Equity Research da Eleven Financial Research já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

M Dias Branco traz resultado fraco no trimestre

De acordo com o relatório da Eleven, a M Dias Branco (MDIA3) apresentou um resultado fraco no trimestre, pressionado sobretudo pela queda de volume e aumento de custos.

O destaque do período foi a pressão da estratégia de aumento de preços.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações MDIA3 estavam sendo negociadas a R$ 26,00. O valor de mercado era de R$ 8,8 bilhões.

Resultado M Dias Branco (MDIA3) 1T21

 

Estratégia de preços pressiona resultados

Conforme o relatório da Eleven, o principal destaque negativo apresentado pela M Dias Branco no 1T21 foi o fracasso da implementação da estratégia de aumento de preços pela companhia.

Os preços médios tiveram alta de +21,9% na comparação anual. Nota-se que houve um repasse da pressão de custos, gerada pela alta nos preços das commodities e câmbio desvalorizado no período.

Isso em meio a um cenário de demanda enfraquecida, devido às restrições impostas pela pandemia. Dessa forma, o volume comercializado pela companhia teve uma queda substancial de -25,2% no trimestre.

Para a equipe, esse resultado deve levantar ainda mais preocupações para os investidores quanto à capacidade de recuperação da M Dias Branco. O desafio consiste na recuperação de volumes e o repasse de preços nos próximos trimestres.

Cabe destacar que a demanda deve continuar comprimida, devido aos impactos da redução do auxílio emergencial e de uma renda disponível menor.

Além disso, a maior parte da receita da companhia vem das regiões norte e nordeste, onde a população é ainda mais sensível à renda. Nota-se que a M Dias Brancos tem forte market share no nordeste, que representa cerca de 60% de suas vendas.

Queda de volume e receita nas principais categorias

Segundo a Eleven, a M Dias Branco apresentou queda de volume e receita em suas principais categorias de produtos no 1T21.

No que se refere à produção de Biscoitos, o preço médio do produto teve alta de +15,7% no na comparação anual. Dessa forma, o volume caiu -29,7%, enquanto a receita líquida teve queda de -18,5%.

Na linha de produção de Massas, o preço médio aumentou +23,5% no trimestre, enquanto o volume e a receita líquida tiveram queda de -31,7% e -15,7%, respectivamente. Enquanto isso, na produção de Farinha, o preço médio teve alta de +51,9%, com volume caindo -22,2% e receita líquida com crescimento de +18,2% no período.

Por outro lado, a produção de Margarina e Gordura apresentou preço médio mais alto, em +25%, com volume e receita líquida crescendo +4,1% e +30%, respectivamente.

Dessa forma, a receita líquida consolidada da M Dias Branco totalizou R$ 1,49 milhões. Esse resultado representa queda de -8,9% na comparação de base anual.

Estrutura de capital em patamares saudáveis

De acordo com a Eleven, a M Dias Branco conseguiu manter sua estrutura de capital bastante saudável no 1T21, apesar das adversidades do período.

Para a equipe, esse foi um dos únicos pontos positivos do trimestre. Nota-se que o caixa da companhia totalizou R$ 1,7 bilhão, enquanto a relação Dívida Líquida/EBITDA ficou em 0,5x no 1T21 contra 0,4x no 4T20.

Essas condições são muito importantes, pois a empresa precisará atravessar por um momento mais desafiador em breve.

Resultado M Dias Branco (MDIA3) 1T21

Menor margem EBITDA da história

Conforme informa a Eleven, o EBITDA da M Dias Branco ficou em R$ 47 milhões. Esse resultado representa queda de -79,3% na comparação de base anual. Dessa forma, ficou abaixo das estimativas da equipe em -78,5%.

Por sua vez, a margem EBITDA ficou em 3,2%, queda de -10,8 p.p. na comparação anual e abaixo das estimativas da equipe em -9,7 p.p. no período.

Essa margem é a mais baixa da história da companhia. Segundo os analistas, esse recorde negativo foi o resultado do impacto negativo dos maiores custos de matéria-prima e desvalorização cambial no primeiro trimestre deste ano.

Lucro Líquido fica abaixo das estimativas

Conforme o relatório da Eleven, o lucro líquido da M Dias Branco foi de R$ 15 milhões. Esse resultado representa queda de -89,1% na comparação de base anual.

Assim, o resultado líquido da companhia ficou abaixo das estimativas da equipe em -86% no período.

Resultado M Dias Branco (MDIA3) 1T21

Resultado M Dias Branco (MDIA3) 1T21: Recomendações

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que o resultado apresentado pela M Dias Branco (MDIA3) no trimestre traz grandes questionamentos para o investidor. A companhia deverá enfrentar muitos desafios no curto prazo, devido aos impactos da pandemia sobre o mercado consumidor brasileiro.

Por outro lado, apesar das ações da companhia terem sofrido forte desvalorização recentemente, a companhia mantém suas perspectivas de longo prazo para a M Dias Branco otimistas.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 43,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research da Eleven Financial Research sobre o resultado M Dias Branco (MDIA3) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.