Intelbras (INTB3) 1T21
Intelbras (INTB3) 1T21

Análise Completa: Resultado Intelbras (INTB3) 1T21

No dia 11 de maio de 2021, foi apresentado o resultado Intelbras (INTB3) 1T21 e as equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual já realizaram a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Intelbras apresenta fortes resultados no trimestre

De acordo com o relatório do BTG Pactual, a Intelbras (INTB3) publicou seu segundo resultado após o IPO, e superou as estimativas da equipe no trimestre.

Enquanto isso, de acordo com o relatório da Eleven, a companhia apresentou fortes resultados no período, revelando resiliência e capacidade de execução superiores às estimativas da equipe.

O destaque do período foi o sólido desempenho em todos os segmentos.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações INTB3 estavam sendo negociadas a R$ 24,90. A capitalização de mercado era de R$ 8,14 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 26,77 milhões.

Resultado Intelbras (INTB3) 1T21

Sólido desempenho em todos os segmentos

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, a Intelbras apresentou um crescimento de vendas muito forte e consistente no 1T21.

Os resultados foram sólidos em todos os três segmentos da companhia, que apresentaram taxas de crescimento notáveis no período.

Em Segurança, o maior segmento da Intelbras, as receitas e o lucro bruto cresceram +53% e +46%, respectivamente, na comparação anual. Cabe destacar que esse segmento representou 54% da receita total da companhia no trimestre.

Enquanto isso, em Comunicações, a receita líquida e o lucro bruto cresceram +66% e +46%, respectivamente. Esse segmento representou 33% da receita total da Intelbras no período.

A companhia ressaltou que tem conseguido manter bons volumes de produtos nessas linhas e estreitado o relacionamento com fornecedores. Dessa forma, não vê pressões em sua capacidade de entrega, segundo a Eleven.

Apesar da escassez mundial de chipsets, o forte relacionamento da Intelbras com a indústria tem permitido que não haja desabastecimento e os volumes demandados sejam atendidos. Nota-se que os chipsets correspondem aos componentes eletrônicos de computadores.

Resultado Intelbras (INTB3) 1T21

Forte crescimento da receita de Energia

De acordo com o BTG Pactual, o segmento de Energia da Intelbras apresentou um crescimento de receita impressionante no 1T21.

Na comparação de base anual, os resultados do segmento de Energia foram notáveis no período. Isso foi observado tanto em energia solar quanto nos demais produtos da divisão, segundo a Eleven.

A receita bruta do segmento segue crescendo de forma acelerada, de +84% no 4T20 para +93% no 1T21. Esse resultado foi impulsionado tanto por volumes quanto preços, sendo que ambos cresceram +39% no período.

Nota-se que Energia é a unidade de negócio favorita dos investidores, e representou 13% da receita total da Intelbras no trimestre.

Cabe destacar que há uma sazonalidade negativa para a Intelbras no início do ano devido às férias de verão. Mesmo assim, a companhia conseguiu superar as estimativas de lucro no 1T21.

Resultado Intelbras (INTB3) 1T21

Margem bruta pressionada no trimestre

Conforme informa o relatório da Eleven, a Intelbras teve sua margem bruta pressionada no 1T21, devido à variação cambial.

Em relação ao 4T20, trimestre comparável dada a alteração na contabilização da Lei do Bem, a margem bruta da companhia foi pressionada em -0,8 p.p. no período. Essa pressão está associada a uma manutenção de preços no segmento de Comunicação.

Enquanto isso, de acordo com o BTG Pactual, houve uma contração da margem bruta devido ao aumento dos custos relacionados a questões de cadeia de suprimentos, principalmente chipsets.

Porém, a equipe da Eleven pontua que essa pressão deve ser passageira, uma vez que a Intelbras tem sido bastante diligente em relação às suas margens.

Resultado Intelbras (INTB3) 1T21

EBITDA ajustado supera estimativas

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA ajustado da Intelbras ficou em R$ 102,3 milhões. O número revela alta de +106% e +52,5%, respectivamente, nas comparações de base trimestral e anual. Dessa forma, o resultado superou a estimativa da equipe em +8,4%.

Reversão do Prejuízo Líquido

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Intelbras foi de R$ 89,7 milhões. Esse resultado representa reversão do prejuízo líquido na ordem de R$ 24 milhões reportado no 1T20.

Segundo a Eleven, esse resultado líquido positivo é fruto tanto dos bons resultados operacionais quanto da mudança em sua política de exposição cambial.

Agora, a Intelbras passa a proteger seu passivo em Dólar, com despesas relacionadas à variação cambial reduzidas em -93% na comparação anual.

Em virtude disso, a equipe da Eleven realizou revisões positivas em suas margens, onde busca refletir a nova estratégia cambial da companhia.

Resultado Intelbras (INTB3) 1T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Intelbras (INTB3) é o IPO de melhor desempenho do ano, e os resultados do trimestre reforçam seu otimismo. Em virtude disso, a equipe vê a Intelbras sendo negociada a 25x P/L 2021, o que é considerado um valuation bastante atraente.

Depois de uma década impecável, espera-se também que as ações da companhia sejam avaliadas conforme a Intelbras constrói seu histórico como empresa listada.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 28,00.

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que a Intelbras (INTB3) deve apresentar um ritmo de crescimento mais elevado em 2021.

Além disso, suas preocupações com capacidade de pricing, cadeia e matérias primas têm sido superadas e, adicionalmente, a companhia realizou em abril sua primeira aquisição após o IPO.

Dessa forma, a equipe destaca que realizou revisões positivas para a Intelbras, que também considera a nova estratégia cambial da companhia.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 31,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise das equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual sobre o resultado Intelbras (INTB3) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são pro00venientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


chatbot Renata

Quer fazer seus investimentos renderem mais?

Clique aqui e fale com os nossos Assessores

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.