CESP (CESP6)
CESP (CESP6)

Análise Completa: Resultado CESP (CESP6) para o 1T21

No dia 28 de abril, foi apresentado o resultado CESP (CESP6) para o 1T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

CESP apresenta resultados sem brilho

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da CESP (CESP6) pode ser classificado como “sem brilho”, apesar de apresentar números em linha com o projetado pelos analistas.

O destaque do período é o maior custo de compra de energia.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações CESP6 estavam sendo negociadas a R$ 25,40. A capitalização de mercado era de R$ 8,78 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 63,13 milhões.

Resultado CESP (CESP6) para o 1T21

CESP perde recurso no STJ

No último dia 27, o Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou o recurso apresentado pela companhia. A ação solicitava o pagamento imediato pelo governo do valor incontroverso de R$ 1,7 bilhão relativo à indenização de Três Irmãos.

Apesar da recusa, a CESP continua lutando pelo pagamento da indenização da usina hidrelétrica de Três Irmãos, no valor de R$ 4,7 bilhões. Segundo a companhia, a decisão do STJ não interfere no processo que corre em primeira instância, no qual a empresa aguarda um novo perito legal.

Companhia compra energia para equacionar seu déficit energético

De acordo com o relatório do BTG, a empresa comprou cerca de 97% da energia necessária para fazer frente ao seu déficit de energia em 2021. Diante do cenário hidrológico desafiador, a empresa tem investido na gestão do balanço energético e na forte disciplina de execução.

Segundo os analistas do BTG, a CESP se beneficiou das janelas de oportunidade que surgiram durante o ano de 2020, e conseguiu garantir a energia ao preço de R$ 202/MWh.

Trimestre é marcado por alta dos custos de compra de energia

Segundo o relatório do BTG, os resultados do trimestre foram fortemente impactados por maiores custos com compras de energia. No 1T21, o custo foi de R$ 220 milhões, frente aos R$ 82 milhões no mesmo período de 2020.

De acordo com os analistas do BTG Pactual, a alta está relacionada com as condições hidrológicas desfavoráveis. Para mitigar o risco hidrológico no balanço energético, foram adquiridos 361 MW, alta de +110% em relação ao 1T20 e gastos R$ 86 milhões em planos de mitigação.

O relatório do BTG destaca que essa alta foi parcialmente atenuada pela redução dos preços médios. O preço da energia adquirida foi, em média, de R$ 208/MHh, o que representa uma redução de -6% em relação ao mesmo período de 2020.

Receita Líquida com alta de quase R$ 100 milhões

A receita operacional líquida da empresa totalizou R$ 557 milhões, alta de +21% em relação ao 1T21, quando a receita foi de R$ 461 milhões.

De acordo com a companhia, o resultado foi alavancado principalmente pelo crescimento das operações de trading, realizadas pela CESP Comercializadora.

EBITDA em queda

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da CESP ficou em R$ 282 milhões. O número revela queda de -16% em relação ao mesmo período de 2020, mas está em linha com as projeções dos analistas.

De acordo com os dados da empresa, o EBITDA do trimestre atingiu R$ 445 milhões. Mas quando é ajustado em R$ 203 milhões em reversão de provisões e em R$ 40 milhões de baixas judiciais, chega-se ao valor de R$ 282  milhões. Resultado menos animador do que o anunciado.

Lucro Líquido cresce mais de +100%

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da CESP no primeiro trimestre foi de R$ 116. Esse resultado representa alta de 115% em relação ao mesmo período de 2020 e supera a estimativa de R$ 68 milhões dos analistas.

Segundo o relatório, a melhora do resultado é decorrente do impacto positivo trazido pela reversão das contingências passivas prováveis no 1T21. Tal reversão, permitiu que o lucro líquido apresentasse alta, mesmo em um cenário de alta das despesas financeiras.

Resultado CESP (CESP6) para o 1T21

Resultado CESP (CESP6) para o 1T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a CESP (CESP6) apresentou um trimestre pouco animador, com resultados sem muito brilho. No entanto, os números vieram em linha com o projetados pelos seus analistas.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 33,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado CESP (CESP6) para o 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.