Renova Invest Facebook

Arábia Saudita em destaque: o que é um fundo soberano?

Fundo soberano é um tipo de fundo de investimento, uma classe que está dando o que falar. Criado e administrado pelo governo federal, vem do inglês, Sovereign Wealth Funds (SWF), e é uma categoria em que seus recursos são – por exemplo –  através dos ganhos em royalties, lucro de estatais e excedentes de arrecadação fiscal. 

Não é um investimento simplesmente negociado. O governo responsável escolhe o tipo de gestão de risco do fundo. Os principais países que possuem um fundo soberano são:

  • Noruega;
  • Singapura;
  • China;
  • Dubai.

Quais são os objetivos de um fundo soberano?

Os fundos soberanos existem desde a década de 50, os primeiros foram criados pelo Kuwait e Arábia Saudita. Antes, o foco era apenas para adquirir artifícios de exploração dos recursos naturais, aproveitando para utilizar melhor e render no futuro 

Além diss, também permite  desenvolver o país e financiar seus momentos de crises econômicas.  Veja aqui outros motivos benéficos: 

  • Elaborar uma carteira de investimentos que consiga uma boa rentabilidade no longo prazo; 
  • Diminuir os riscos para evitar que afetem a economia no futuro;
  • Alta dependência da exportação de minérios;
  • Altos superávits vindo de conta-corrente;
  • Nível de poupança do país elevado;
  • Necessidade da transformação de recursos naturais em ativos financeiros.

Arábia Saudita em destaque

O Fundo Soberano da Arábia Saudita (PIF) deu uma guinada na economia do país e entrou para um principais motores da Visão 2030, que é um programa de transformação econômica. 

ONDE INVESTIR
EM 2024
DESCUBRA COMO ESCOLHER AS PEÇAS CERTAS PARA CONSTRUIR UM PORTFÓLIO SÓLIDO.

Criado em 1971, auxiliou a estabelecer empresas de grande importância para a economia da Arábia Saudita. Anos depois, em março de 2014, o fundo passou a ter a  direção do recém-formado Conselho de Assuntos Econômicos e de Desenvolvimento (CEDA), com o príncipe herdeiro, HRH Mohammed bin Salman bin Abdulaziz como presidente. 

O PIF é um mecanismo de impacto em escala global com portfólio de investimentos voltados para investimentos sustentáveis. Sendo capaz de impulsionar tanto a tecnologia como o conhecimento de ponta. 

Qual é a gestão? Como funciona?

Como falamos acima, o principal liderança do fundo está sob a presidência e orientação do Príncipe Mohammad bin Salman bin Abdulaziz Al Saud. Enquanto o conselho é responsável por supervisionar a estratégia, a política de investimento e o desempenho do PIF.

Para complementar o funcionamento, o fundo soberano da Arábia Saudita conta com uma gestão executiva. Nesse grupo, as pessoas são responsáveis pela revisão das atividades estratégicas e operacionais, precisando analisar as propostas de investimento e não investimento. 

Forma de investir

A ideia é que o fundo soberano da Arábia Saudita seja um investidor líder além das fronteiras sauditas. Por ser uma parte do governo, a estratégia é conseguir retornos financeiros com investimentos domésticos e internacionais variados.


A gestão monta a sua estratégia de investimentos incluindo quatro locais e duas globais. Ou seja, dentro de seu território, o fundo apoio setores-chaves para o crescimento no setor privado. 

Já fora do país, o PIF investe em um portfólio que abrange uma variedade de classes de ativos. Por exemplo, o fundo realiza aportes nas empresas mais inovadoras do mundo, estabelecendo parcerias que coloquem a Arábia Saudita na auge das tendências. 

Rendimento de um fundo soberano

O herdeiro Mohammed bin Salman conseguir colocar o fundo soberano da Arábia Saudita como instrumento para diversificar a economia de um dos maiores exportador de petróleo do mundo. O PIF se transformou em uma forma de investir globalmente. 

As finanças do fundo soberano saudita são notáveis. Os ativos aumentaram de US$ 150 bilhões em 2015 para US$ 400 bilhões em 2020. Ademais, o país também recebeu cerca de US $ 30 bilhões da oferta pública inicial da Aramco (companhia petrolífera) em 2019.

No total, foi arrecadado US$ 21 bilhões em empréstimos entre 2018 e 2019. Nos últimos anos, o PIF passou a  financiar alguns projetos de infraestrutura para incentivar o crescimento do país. Uma zona de negócios de alta tecnologia de US$ 500 bilhões e o “The Line”, cidade livre de carbono com 1 milhão de habitantes que deve custar entre US$ 100 bilhões e US$ 200 bilhões, por exemplo. 

A ideia agora é injetar pelo menos 150 bilhões de riais (que seria cerca de US$ 40 bilhões) na economia da Arábia Saudita até 2025 e aumentar os ativos para 4 trilhões de riais (US$ 1,07 trilhão) até esse ano, segundo príncipe Mohammed. 

Não perca tempo e aperfeiçoe seus conhecimentos, se inscreva no nosso canal do YouTube para explorar as melhores oportunidades de investimentos no mercado.

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.