BR Distribuidora (BRDT3) 1T21
BR Distribuidora (BRDT3) 1T21

Análise Completa: Resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T21

No dia 12 de maio, foi apresentado o resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T21 e as equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual já realizaram a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

BR Distribuidora reportou um trimestre de alta qualidade

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho do BR Distribuidora (BRDT3) ficou acima do projetado pelos analistas. Os números reportados pela empresa registraram um crescimento de qualidade no 1T21.

Enquanto isso, de acordo com o relatório da Eleven, o desempenho também ficou acima do projetado pelos analistas. O trimestre foi bastante positivo, a empresa registrou números com alta.

O destaque do período foi o ganho de market share.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações BRDT3 estavam sendo negociadas a R$ 23,90. A capitalização de mercado era de R$ 27,86 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 186,3 milhões.

Resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T212700

Plano de economia ganha destaca no 1T21

Segundo o relatório da Eleven Financial Research, a companhia divulgou uma nova estimativa para ganhos de eficiência, que totalizam uma economia de R$ 250 milhões frente aos resultados apresentados no 1T20..

O relatório destaca que esta redução nas despesas já poderá ser capturada em 2022. Assim, os ganhos de eficiência somados à economia de R$ 200 milhões com despesas do plano de saúde, totalizam uma potencial redução de R$ 450 milhões sobre a base de 2020.

De acordo com o relatório do BTG Pactual, quando essas estimativas se realizarem, a BR se tornará a líder indiscutível do setor em termos de eficiência. Além disso, também poderá alcançar margens de lucro que estão acima das estimativas atuais.

O relatório do BTG traz ainda mais informações. Em sua divulgação de resultados, a BRDT provocou o mercado ao anunciar que, no próximo Investidor Day, planeja revelar planos para enfrentar novas fronteiras de crescimento. A promessa é de que eles moldarão o futuro crescimento da empresa em combustíveis e energia.

Quinto trimestre consecutivo com ganho de market share

Segundo o relatório da Eleven Financial Research, a companhia ganhou market share pelo quinto semestre consecutivo, ou seja, vem ganhando posições no mercado desde o 1T20. No trimestre, essa participação apresentou alta de +2.5 p.p em relação ao mesmo período de 2020.

De acordo com os analistas do BTG, a BR se beneficiou, indiscutivelmente, de uma janela de oportunidade na importação de combustível, o que reduz a competitividade de distribuidoras menores. Porém, apresentou a capacidade de preservar a participação de mercado no varejo e adicionou +36 pontos de vendas em relação ao trimestre passado.

Receita líquida supera estimativas

Conforme o relatório do BTG Pactual, a receita líquida da BR Distribuidora no primeiro trimestre foi de R$ 26,13 bilhões. Esse resultado representa alta de +23,3% em relação ao mesmo período de 2020 e alta de +7,6% em relação ao 4T20.

De acordo com os analistas da Eleven, a receita foi alavancada pela alta dos preços, dado o forte reajuste de derivados ocorrido no período. O preço por m³ ficou em R$ 2.799, alta de +21,44% em relação ao 1T20 e número +10% acima das estimativas.

Resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T21

EBITDA bate recorde

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da BR Distribuidora ficou em R$ 1,2 bilhão. O número revela alta de +15,5% na base de comparação trimestral e alta de +122% em relação ao 1T20.

Segundo os analistas da Eleven, o EBITDA foi bastante positivo e mostrou novamente as melhorias na gestão da companhia.

Lucro Líquido abaixo das estimativas

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da BR Distribuidora no primeiro trimestre foi de R$ 492 milhões. Esse resultado representa alta de +110,3% em relação ao 1T20 e queda de -84,4% na base de comparação trimestral.

De acordo com os analistas do BTG, o número está abaixo das estimativas em -15,5%, devido a perdas relacionadas ao câmbio e maior reconhecimento de imposto de renda.

Resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T21

Resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a BR Distribuidora (BRDT3) apresentou melhorias em execuções comerciais, que alavancaram o crescimento com qualidade. Além disso, mantendo o ganho de mercado e margem de contribuição, os analistas acreditam na sustentabilidade do atual ritmo de expansão de margem.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 27,00.

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que a BR Distribuidora (BRDT3) tende a continuar recuperando o volume de vendas de combustíveis, porém estes ainda são dependentes dos efeitos do Covid na economia. A política de preços da Petrobras também é um ponto de atenção.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 27,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise das equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual sobre o resultado BR Distribuidora (BRDT3) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados p00or terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.