Renova Invest Facebook

Análise Completa: Resultado Aura Minerals (AURA33) 1T21

Aura Minerals (AURA33) 1T21
Aura Minerals (AURA33) 1T21

No dia 11 de maio, foi apresentado o resultado Aura Minerals (AURA33) 1T21 e a equipe de Equity Research da Eleven Financial Research já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Aura Minerals teve bom desempenho no 1T21

De acordo com o relatório da Eleven Financial Research, o desempenho do Aura Minerals (AURA33) foi positivo. A empresa conseguiu apresentar bons números, mesmo em um trimestre com preços mais baixos.

O destaque do período foi os resultados de San Andres e EPP.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações AURA33 estavam sendo negociadas a R$ 64,75. A capitalização de mercado era de R$ 4,7 bilhões.

Resultado Aura Minerals (AURA33) 1T21

San Andres alavanca resultados da companhia

Segundo os analistas da Eleven Financial Research, o desempenho de San Andres impulsionou os números acima das estimativas da empresa. No trimestre, a mina apresentou resultados surpreendentes.

San Andres é uma mina de lixiviação de pilhas a céu aberto, localizada em Honduras. No 1T21, a mina produziu 66,78 mil de onças equivalentes de ouro (GEO), segunda maior produção registrada na história da companhia e +66% superior ao mesmo período de 2020.

Os resultados refletem o acesso a áreas de maior teor (gramas de ouro/tonelada), como Esperanza e Elena, e melhores desempenhos operacionais.

A extração de minérios apresentou alta de +30% em relação ao mesmo período de 2020, quando as atividades foram paralisadas em decorrência da pandemia de COVID.

EPP surpreende analistas

De acordo com os analistas da Eleven, a EPP, mina Pau-a-Pique, apresentou resultado inesperado. A receita do polo de operação veio +13,3% acima da expectativa dos analistas.

Renda fixa
Seta Tripla

Descubra agora a
NOVA RENDA FIXA
que pode turbinar seus ganhos. 


Segundo os analistas da Eleven, o depósito aurífero localizado no Mato Grosso teve melhor desempenho em decorrência aos teores mais altos, +48% em relação ao mesmo período de 2020.

Isso acontece devido ao acesso de minério mais rico na região oeste da mina Japonês e acesso parcial à mina Ernesto.

Assim, conforme os dados divulgados pela Eleven, o EBITDA do polo totalizou US$ 18,21 milhões, +17% acima do projetado pelos analistas.

Empresa caminha para atingir as metas de cash cost

De acordo com o relatório da Eleven, a Aura Minerals caminha para atingir as metas de cash cost do ano.

Para o primeiro trimestre, o cash cost ficou dentro do guidance para 2021, com US$ 804/onça esperada. A faixa estipulada varia de US$ 728/GEO a US$ 867/GEO.

Porém, conforme informa o relatório da Eleven, a mina Gold Road apresentou um cash cost +31% acima do topo da faixa, totalizando US$ 1,54 mil/GEO.

A alta reflete a exploração de áreas com menor teor de minério, problema que deve ser resolvido nos próximos trimestres com conclusão dos projetos de aumento de produtividade.

Receita Líquida em linha com as estimativas

Conforme informa Eleven Financial Research, a receita líquida da Aura Minerals ficou em US$ 116 milhões milhões. O número revela alta de +138,6% em relação ao mesmo período de 2020 e alta de +15,3% na base de comparação trimestral.

Segundo os analistas da Eleven, a receita está +3,5% acima do projetado pelos analistas e foi alavancada por bons resultados em San Andres, além de aumento nas margens em Aranzazu e um resultado inesperado em EPP.

EBITDA com alta superior a +600%

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Aura Minerals ficou em US$ 52 milhões. O número revela alta de +663,8% em relação ao mesmo período de 2020 e alta de +0,4% na base de comparação trimestral.


Resultado Aura Minerals (AURA33) 1T21

Lucro Líquido em queda

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Aura Minerals no primeiro trimestre foi de US$ 14 milhões. Esse resultado representa queda de -75,8% na base de comparação trimestral.

Segundo os analistas da Elevem, o lucro líquido ficou abaixo das estimativas, fruto do não exercício do pré-pagamento de uma dívida com a Pandion sendo, portanto, reconhecida perda de US$ 8,3 milhões.

Resultado Aura Minerals (AURA33) 1T21: Recomendações

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que a Aura Minerals (AURA33) apresentou bons números no primeiro trimestre do ano. Os analistas também fazem boas projeções para as ações, em razão dos futuros projetos de expansão e exploração (Almas, Matupá, São Francisco e Tolda Fria).

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 94,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research da Eleven Financial Research sobre o resultado Aura Minerals (AURA33) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.