Renova Invest Facebook

5 Dicas para se proteger de golpes financeiros

golpes financeiros
golpes financeiros

O número de golpes financeiros no Brasil tem crescido e se digitalizado. De acordo com o Serasa Experian, mais de 326 mil brasileiros sofreram tentativas de golpes em fevereiro de 2022. Esse número mostra que uma tentativa de golpe foi colocada em prática a cada 7 segundos.

Para não se tornar parte das estatísticas, você deve saber como evitar os principais tipos de fraudes financeiras. Entre elas, estão pirâmides, roubos de dados, clonagem de cartão e também os investimentos falsos.

Neste artigo, você aprenderá 5 dicas para se prevenir de golpes financeiros e manter seu dinheiro seguro. Confira!

1. Desconfie dos resultados prometidos

Uma das dicas mais importantes para se livrar de golpes na internet relacionados ao mercado de investimentos é não acreditar em promessas excessivas. Afinal, é muito comum que os golpistas apelem ao interesse que muitas pessoas apresentam em ter ganhos mais significativos.

No entanto, não é possível ter altos lucros garantidos em pouco tempo e sem riscos. Para não cair em uma armadilha do tipo, vale a pena analisar a lógica do mercado financeiro. Pense, por exemplo, que você vê a oferta de um novo investimento que promete retornos de 10% ao mês.

Se o investimento tem regras conhecidas de retorno é sinal que ele é de renda fixa, certo? Porém, um retorno de 10% ao mês, em juros compostos, corresponde a mais de 213% ao ano. Logo, essa é uma rentabilidade que destoa do mercado tradicional.

Esse rendimento prometido é muito superior à taxa Selic, por exemplo, que é referência para os títulos prefixados, pós-fixados e híbridos. Desse modo, é possível concluir que se trata de uma promessa irreal — e provavelmente não será cumprida.

Promessas que parecem imperdíveis são um quadro comum em pirâmides financeiras. Nelas, o suposto retorno é obtido com os valores investidos por novos participantes. Contudo, em determinado momento, a configuração se torna insustentável e ninguém mais tem recebimentos.

Por isso, ao se deparar com uma promessa de rentabilidade, lembre-se de que é preciso assumir riscos maiores se o objetivo for obter retornos mais elevados. Sem essa lógica, há uma grande chance de a proposta ser fruto de um golpe no mercado de investimentos.

2. Opte sempre por alternativas regulamentadas no mercado financeiro

Para fugir das fraudes e dos golpes financeiros também vale a pena priorizar a regulamentação das alternativas de investimentos e das instituições financeiras com as quais você pretende ter algum relacionamento.

Essa é uma condição indispensável para sua segurança, já que um investimento regulamentado respeita as regras previstas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Por isso, antes de considerar uma oportunidade, é essencial verificar se ela está prevista e é regulamentada pela CVM.

O investimento direto em criptomoedas, por exemplo, não tem regulamentação por esse órgão. Embora comprar bitcoin ou outras moedas digitais não seja proibido ou signifique sempre estar diante de um golpe, você corre mais riscos com essa decisão.

Então, em vez de comprar as moedas diretamente e aumentar o risco de fraude, você pode recorrer a fundos de índice (ETFs) e fundos multimercados de criptomoedas. Esses, sim, são veículos financeiros regulamentados pela CVM — o que ajuda a evitar problemas futuros.

3. Não faça transferências para terceiros

Para saber como não cair em golpes financeiros na internet, também é importante investir diretamente por meio de uma instituição financeira autorizada, como um banco de investimento. Afinal, essa empresa também segue uma regulamentação completa por parte da CVM.

Ainda, a empresa segue normas também de outras instituições. Por exemplo, a B3 (bolsa de valores brasileira), a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (ANBIMA) e o Banco Central.

Devido a todo esse aparato de segurança e regulamentação, é fundamental que você invista apenas por instituição confiável. O problema é que, em alguns casos, os golpistas chegam a falar em nome de instituições financeiras legítimas.

É o caso de e-mails falsificados e até contatos telefônicos solicitando recursos que, supostamente, seriam usados em investimentos. Nesse processo, é comum que eles peçam depósitos em contas de pessoas físicas ou até de uma pessoa jurídica diferente da instituição.

Para não perder seu dinheiro, não realize transferências assim. No geral, um banco de investimentos não solicitará valores por telefone ou e-mail, muito menos uma transferência para contas de terceiros. Por isso, entre sempre em contato pelos canais oficiais — ou por meio da sua assessoria  de investimentos — para esclarecer a questão.

4. Não tome decisões por impulso

Outra dica relevante para se proteger de golpes no mercado de investimentos é ter cuidado para não deixar suas emoções dominarem sua tomada de decisão. É preciso fazer escolhas de maneira informada, com uma reflexão completa sobre seu perfil de investidor e seus objetivos profissionais.

Isso é importante porque, normalmente, os golpistas procuram apelar para a emoção. Eles querem que você tome decisões precipitadas e não perceba os alertas das fraudes financeiras. Para tanto, é comum que sejam disparados gatilhos emocionais que o levam a escolhas rápidas.

Imagine, por exemplo, que você recebe uma oferta de investimento considerada imperdível. No entanto, é dito que você tem apenas 15 minutos para realizar o aporte ou perderá as condições.

Se você não estiver preparado para manter o controle emocional, corre o risco de fazer o investimento e, potencialmente, perder seu dinheiro. Porém, quando você age de modo racional, tem mais chances de evitar situações fraudulentas.

5. Busque ajuda de uma assessoria de investimentos

Um suporte profissional pode ajudar muito a evitar problemas e golpes financeiros. Por isso, vale a pena contar com uma assessoria de investimentos antes de tomar decisões referentes ao mercado financeiro.

Os assessores são profissionais certificados, que conhecem e seguem as regras do mercado. Com isso, eles podem apresentar a você alternativas de investimentos regulamentadas e válidas. Além disso, os assessores tiram suas dúvidas e podem ajudar a conferir se uma oferta é ou não um golpe.

Com essas 5 dicas, você tem a chance de se proteger dos golpes financeiros — os quais são especialmente comuns no ambiente online. Assim, você mantém seu dinheiro protegido e consegue alocá-lo em investimentos legítimos!

Precisa de ajuda para evitar as armadilhas e os golpes no mercado? Entre em contato conosco da Renova Invest e fale com um de nossos assessores!

 

 

Veja também:

Inscreva-se
Notificar-me de
Esse campo só será visível pela administração do site
botão de concordância
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos os comentários

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem a nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.