No dia 05 de maio, foi apresentado o resultado Bradesco (BBDC4) 1T21 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Bradesco em linha com as expectativas no 1T21

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho do Bradesco (BBDC4) ficou em linha com o que era esperado pelos analistas.

O destaque do período foi o controle de custos.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações BBDC4 estavam sendo negociadas a R$ 23,80. A capitalização de mercado era de R$ 215,72 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 1,07 bilhão.

Resultado Bradesco (BBDC4) 1T21

Empréstimos sofre com base de comparação difícil

De acordo com o relatório do BTG Pactual, a carteira de crédito cresceu +4% na base de comparação trimestral e +9% em relação ao mesmo período de 2020.

Segundo os analistas do BTG, o grande destaque foi o crédito a pessoas físicas, concentrado em crédito consignado e imobiliário. E PME, focado nos empréstimos destinados ao Capital de Giro dessas empresas. Ambas as carteiras apresentaram crescimento de +7% em relação ao 4T20.

O relatório ressalta que, no início da pandemia de COVID em 2020, houve um grande aumento grande aumento nos empréstimos corporativos, o que resultou em uma base comparativa mais difícil neste trimestre.

Receita de Seguros compensa a baixa da receita de serviços

Segundo o relatório do BTG Pactual, a receita de serviços foi de R$ 8,06 bilhões. O resultado revela queda de -7,5% na base de comparação trimestral e queda de -3% na comparação anual.

De acordo com os analistas do BTG, o resultado foi impactado por por receitas mais baixas de cartões, devido à diminuição de circulação, e em asset management (gestão de ativos) pressionados por fluxos de saídas mais altos.

No entanto, conforme informa o relatório do BTG, a receita de seguros mais do que compensou a receita mais fraca de serviços. A receita do segmento foi de R$ 3,13 bilhão, com alta de +38% em relação ao 4T20 e alta de +7% em relação ao 1T20.

Inadimplências sobre controle

Segundo o relatório do BTG Pactual, o índice de inadimplência de acima de 90 dias do banco cresceu. A alta foi de +30 bps na base de comparação trimestral, chegando ao patamar de 2,5%. No entanto, o número ainda está muito abaixo do 3,7% reportado no mesmo período de 2020.

Os analistas do BTG ressaltam que a alta já é esperada para essa época do ano. O que é destaque, nesse caso, é o índice menor do que aquele apresentado no início de 2020.

Controle de custos é o destaque do trimestre

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o controle de custos foi o grande destaque do banco, colocando suas ações como a Top Pick do BTG.

Conforme o relatório do BTG, as despesas com pessoal e administrativa totalizaram R$ 9,88 bilhões. Esse resultado revela queda de -5% em relação ao mesmo período de 2020, o melhor corte entre os grandes bancos brasileiros.

Segundo os analistas do BTG, já era esperado uma diminuição nos números, mas eles vieram melhores do que as estimativas. Isso porque o Bradesco reduziu o números de agências para 83 e o número de funcionários para 888, o que permitiu um sólido controle de custos.

LAIR estimado para 2021 supera 2020

De acordo com a equipe de análise do BTG, o Lucro Antes de Impostos – LAIR estimado para 2021 é de R$ 26,5 bilhões.

Lucro Líquido tem crescimento próximo aos 80%

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido do Bradesco no primeiro trimestre foi de R$ 6,51 bilhões. Esse resultado representa queda de -4% em relação ao 4T20, mas alta de +74% em relação ao mesmo período de 2020 e está +2% acima das projeções do BTG.

Resultado Bradesco (BBDC4) 1T21

Resultado Bradesco (BBDC4) 1T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Bradesco (BBDC4) apresentou números praticamente em linha com o que já era esperado. O banco está passando por um grande programa de eficiência, dando a ele um pouco mais de controle sobre seus resultados do que alguns de seus pares, pelo menos até que a economia se recupere.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 32,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Bradesco (BBDC4) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.