Perda de suporte no gráfico como identificar

Perda de suporte no gráfico: como identificar?

A análise técnica ou gráfica é uma ferramenta utilizada por quem especula na bolsa de valores. Ela permite identificar padrões e comportamentos dos ativos e derivativos por meio de indicadores ou padrões gráficos. Entre eles, está a perda do suporte.

Saber reconhecer a ocorrência dessa situação é fundamental para tomar decisões adequadas sobre a abertura ou fechamento de posição. O cenário pode, portanto, ajudá-lo a atingir seus objetivos como especulador ou trader.

A seguir, você saberá como identificar quando ocorre a perda de suporte no gráfico. Confira!

Perda de Suporte Gráfico

O que é um suporte na análise técnica?

Primeiramente, é preciso entender do que se trata o suporte em um gráfico referente ao volume ou à cotação de um ativo ou derivativo. O suporte está diretamente ligado ao que é conhecido como o fundo de um gráfico.

O fundo corresponde ao piso dos preços. Assim, o suporte é uma linha que aponta a tendência de a cotação não cair mais. Portanto, o suporte funciona como uma espécie de limite quanto ao preço pelo qual o instrumento financeiro está sendo negociado.

Considerando que a variação nos preços acontece por causa da lei da oferta e da procura, o suporte é um padrão comum ligado à demanda. Geralmente, quando os preços chegam a um patamar baixo há um volume maior de compradores, que faz com que o número não continue a cair.

Porém, não existe nenhuma garantia e nem é assumida nenhuma responsabilidade que o preço não vá cair. Ou seja, é possível ocorrer uma perda de suporte — indicando que a queda continuará a acontecer.

O que é uma resistência?

Ao falar sobre suporte também é importante conhecer seu oposto: a resistência. Ela está ligada aos topos observados no gráfico, que são os preços mais altos obtidos no momento. Funciona como uma linha que delimita uma zona em que a cotação do ativo ou derivativo tende a não subir mais.

A explicação é a mesma: a partir de um preço mais alto, a pressão vendedora começa a aumentar, fazendo com que a cotação não continue a subir. No entanto, assim como acontece com o suporte, não existe garantia. É possível ocorrer um rompimento da resistência.

Por que é importante conhecer os conceitos?

Para quem atua com especulação na bolsa de valores, saber sobre suporte e resistência é essencial para fazer uma análise gráfica de qualidade. Afinal, ambos servem para indicar o comportamento do mercado e apontam para a existência ou não de uma oportunidade de interesse.

Imagine que um trader avalie que existe um suporte no período e que os preços, provavelmente, voltarão a subir logo. Ele poderá comprar ou vender ativos e derivativos para aproveitar tal movimento.

Ao mesmo tempo, é preciso considerar a possibilidade de haver uma ruptura. Então conhecer bem os conceitos permite que o especulador tome decisões e faça o manejo de risco.

Em caso do prolongamento do suporte ou da resistência, o cenário pode apresentar uma oportunidade de seguir o movimento e lucrar. Já nos rompimentos, pode haver oportunidade de aproveitar uma nova tendência.

Como você pode ver, saber avaliar essas linhas é essencial para identificar o melhor momento de agir. Isso é feito de acordo com a estratégia de especulação definida.

Como funciona o suporte no gráfico?

Você viu que o suporte está ligado aos fundos do gráfico, certo? Portanto, ele funciona como o menor preço de negociação do ativo ou derivativo no período. No caso de uma reversão de tendência, surgirá outras linhas de suporte e resistência.

Ou seja, se o preço subir ou cair abaixo da linha anterior, o movimento pode seguir por outro padrão. Nenhuma tendência é definitiva. Elas duram períodos variáveis, de acordo com as condições do mercado e com o equilíbrio entre força compradora e força vendedora.

Como identificar a perda de suporte?

Agora que você já sabe o que são o suporte e a resistência é preciso compreender o que é a perda de suporte. Esse é um fenômeno que merece atenção na análise gráfica, já que pode mudar completamente a forma de especular.

Anteriormente, dissemos que a perda de suporte ocorre quando a tendência de queda se confirma, apesar da mínima que existe quanto à cotação. Logo, podemos dizer que houve o rompimento do suporte: o mercado empurrou os preços para mais baixo.

Para identificar a perda de suporte, é preciso, primeiramente, acompanhar a movimentação das cotações. É comum que o primeiro passo seja uma leve subida e, novamente, uma descida até o ponto de suporte.

Nesse exato momento, há duas possibilidades: o preço subir e formar um padrão em W ou acontecer um pivô de queda. É exatamente nessa situação em que há a perda de suporte.

Diante da queda, a cotação tende a atingir o alvo calculado pela mesma altura da queda inicial, quando atingiu o suporte pela primeira vez. Após a perda, o número pode cair ainda mais e haver a reversão de tendência, ou a nova tendência pode não ter volume suficiente para se concretizar.

É possível ganhar com a perda de suporte?

Apesar de a perda de suporte indicar uma desvalorização do ativo ou derivativo, ela não é, necessariamente, indesejada pelo especulador. Afinal, mesmo na queda é possível lucrar na bolsa de valores.

Para tanto, é o caso de operar vendido. Por exemplo: se você identificar que um ativo caminha para uma desvalorização, pode vender os papéis nesse momento e depois comprá-los na queda. A diferença entre vender mais caro e comprar mais barato consolida o lucro.

Além disso, caso haja a avaliação de que a cotação do ativo poderá retornar, há como explorar o momento para a compra. O foco do trader deve ser, então, o de avaliar se o rompimento tem força para gerar uma nova tendência ou o esperado é que os preços voltem aos patamares anteriores.

Como você viu, a perda de suporte no gráfico se dá por um movimento de queda abaixo do preço mínimo atingido por um ativo ou derivativo. Sabendo identificá-lo, é possível aproveitar a situação como uma oportunidade para lucrar em curto prazo!

O suporte é apenas um elemento que pode ser usado no gráfico. Confira quais são os principais indicadores da análise técnica!

(Visited 15 times, 1 visits today)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta


Mais Lidos

Postagens Relacionadas

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.