No dia 10 de novembro, foi apresentado o resultado Movida (MOVI3) para o 3T20 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Resultado bate previsões

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da Movida (MOVI3) no terceiro trimestre trouxe números acima do esperado, sendo que o banco já havia estabelecido previsões maiores do que o consenso do mercado.

O destaque do período foram as margens EBITDA dos segmentos de Seminovos, RAC e Aluguel de Frotas.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações MOVI3 estavam sendo negociadas a R$ 19,60. A capitalização de mercado era de R$ 5,840 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 43,52 milhões.

Resultado Movida (MOVI3) para o 3T20

Ticket Médio de Seminovos atinge recorde histórico

A equipe do BTG Pactual comenta que a receita líquida do segmento de venda de seminovos chegou a R$ 641 milhões. O número representa uma alta de +10% em relação ao mesmo período do ano passado.

Esse aumento está associado com o ticket médio, que teve uma alta de +13%, atingiu o recorde histórico de R$ 45,3 mil e superou a previsão em +15%.

Enquanto isso, em termos de volume, o segmento permaneceu praticamente estável, em 14,3 mil. Assim, ficou abaixo da previsão em -8%.

Finalmente, a margem EBITDA ajustada do segmento chegou a 1%, com alta de +240bps, superando a previsão em +40bps.

Margem EBITDA de RAC tem forte expansão

Outro aspecto apontado no relatório do BTG Pactual é que, no segmento de RAC – Rent-a-Car o volume apresentou leve crescimento, com alta de +4% na comparação de base anual.

No entanto, o preço médio teve queda de -13% em relação ao 3T19. Consequentemente, o segmento apurou receita líquida inferior, com queda de -10%.

Em termos de margem EBITDA, o RAC atingiu 45%, com alta de +460bps. Essa forte expansão foi possível graças à redução de custos.


Aluguel de Frotas demonstra resiliência nas margens

Os analistas do BTG Pactual observam que o segmento de Aluguel de Frotas apresentou números favoráveis. A receita líquida apresentou alta de +7% na comparação anual, e o volume apresentou alta de +4%.

No entanto, o destaque é a margem EBITDA ajustada do segmento, que foi de 66%, com alta de +480bps, demonstrando boa resiliência.

Resultado Movida (MOVI3) para o 3T20

EBITDA sobe, mas é beneficiado por impairments

Conforme informa o BTG Pactual, a Movida teve receita líquida de R$ 1 bilhão, com alta de +4% em relação ao 3T19 e alinhado com a previsão.

O EBITDA foi de R$ 213 milhões, com alta de +14% em relação ao 3T19 e superando em +10% a previsão.

No entanto, os analistas ressaltam que os números foram beneficiados por impairments (ajustes contábeis relacionados à deterioração de ativos) feitos durante o primeiro trimestre, no segmento de Seminovos.


Desconsiderando os impairments, o EBITDA ajustado seria de R$ 192 milhões, e haveria impacto também no lucro líquido apurado.

Lucro Líquido cai, mas atinge previsão

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Movida no terceiro trimestre foi de R$ 37 milhões. Esse resultado representa queda de -38% em relação ao registrado no 3T19. No entanto, ele está alinhado com a previsão para o período.

Mais uma vez, é preciso reforçar o impacto dos impairments. Desconsiderando este fator, o lucro líquido seria de R$ 23 milhões.

Resultado Movida (MOVI3) para o 3T20

Resultado Movida (MOVI3) para o 3T20

Resultado Movida (MOVI3) para o 3T20: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Movida (MOVI3) conseguiu reduzir sua alavancagem financeira e manter uma posição de caixa praticamente estável. Também anunciou emissão de debêntures, cuja captação será usada para postergar vencimento da dívida.

Além disso, também nota que o ritmo de recuperação está melhor do que esperado. Há pontos fortes, como a expansão da frota e a melhor execução, que permitem o fechamento do gap em relação aos principais pares.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 25,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Movida (MOVI3) para o 3T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.