Magazine Luiza (MGLU3)
Magazine Luiza (MGLU3)

Análise Completa: Resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21

No dia 14 de maio, foi apresentado o resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21 e as equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual já realizaram a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Magazine Luiza apresenta sólidos resultados no 1T21

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho do Magazine Luiza (MGLU3) foi sólido. A empresa, como esperado, apresentou resultados fortes.

Enquanto isso, de acordo com o relatório da Eleven, o desempenho foi positivo com números fortes. No entanto, os resultados não surpreenderam e vieram em linha com o projetado.

Os destaques do período foram o e-commerce e a Luizacred.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações MGLU3 estavam sendo negociadas a R$ 19,10. A capitalização de mercado era de R$ 123,34 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 912,49 milhões.

Resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21

Cartão Magalu é a novidade do trimestre

Em abril de 2021, a companhia investindo na experiência digital lançou o Cartão Magalu. O lançamento é um cartão de crédito sem anuidade e que oferece um dos maiores programas de cashback do mercado, 4% das compras no Magalu, pagos diretamente na conta digital.

O cartão é emitido pela LuizaCred e é integrado ao Superapp, no qual os clientes podem solicitar o cartão, consultar gastos, verificar limite disponível e gerar faturas.

Segundo a Magazine Luiza, apenas três semanas após o lançamento, mais de 100.000 cartões já haviam sido emitidos e se somam aos atuais 5,5 milhões de Cartão Luiza emitidos.

 Receita líquida apresenta forte crescimento

De acordo com o relatório da Eleven Financial Research, a receita líquida da MGLU apresentou forte alta impulsionada pelo bom desempenho do e-commerce. No entanto, o resultado também reflete o fechamento das lojas físicas e as restrições ao horário de trabalho, dado o repique da pandemia de COVID.

Assim, segundo o relatório do BTG Pactual, a receita líquida da companhia foi de R$ 8,21 bilhões. O número revela alta de +57,8% em relação ao 1T20 e queda de -17,7% em relação ao 4T20.

E-commerce impulsiona Magazine Luiza

Segundo o relatório do BTG, o e-commerce apresentou GMV (volume bruto de mercadoria) de R$ 8,76 bilhões, com alta de +114,4% em relação ao mesmo período de 2020. O resultado levou a um crescimento das vendas totais de +63% na base de comparação anual, totalizando R$ 12,5 bilhões.

O relatório da Eleven destrincha o GMV online. Dessa forma, é possível observar que o segmento 1P (produtos em que o player tem domínio de toda a cadeia) apresentou sólido crescimento de +121%, em relação ao 1T20. O segmento 3P (produtos de terceiros) também cresceu, com alta de +98% na comparação anual.

De acordo com o relatório do BTG, o crescimento impressionante do e-commerce é explicado por três motivos. O primeiro é a crescente base de vendedores, chegando a  56 mil no 1T21. O segundo é a entrega expressa (em até 24h), que já representa 51% das vendas.

O terceiro motivo levantado pelos analistas do BTG é a expansão dos serviços financeiros. A Magalu Pagamentos atingiu TPV (volume total de pagamentos) de R$ 2,7 bilhões. Além disso, o MagaluPlay (e-wallet) atingiu 2,9 milhões de contas no 1T21.

Luizacred apresenta números sólidos

Conforme informa o relatório do BTG Pactual, a carteira da Luizacred apresentou crescimento de +4% em relação ao mesmo período de 2020, totalizando 5,5 milhões de cartões.

O uso desses cartões dentro das lojas MGLU cresceu +13% em relação ao 1T20. Já fora das lojas, o crescimento foi de +19% na base de comparação anual.

Segundo o relatório do BTG, o lucro líquido totalizou R$ 36 milhões, frente aos R$ 10 milhões reportados no 1T20.

No entanto, a receita apresentou baixa de -19% na comparação anual, queda compensada por melhores indicadores de inadimplência e por menores provisões.

Resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21

EBITDA supera estimativas

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Magazine Luiza ficou em R$ 427 milhões. O número revela alta de +56% em relação ao mesmo período de 2020 e está +18% acima das estimativas.

Lucro Líquido tem crescimento superior a +150%

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Magazine Luiza no primeiro trimestre foi de R$ 82 milhões. Esse resultado representa alta de +163,8% em relação ao mesmo período de 2020 e está +50,5% acima das estimativas.

Resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21

Resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21

Resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Magazine Luiza (MGLU3) mostrou novamente o poder do omnichannel da empresa. Além disso, a empresa conta com um amplo portfólio de produtos, com destaque para o marketplace, que devem ser essenciais para aumentar a recorrência e o engajamento dos consumidores nos próximos anos.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 23,00 .

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que a Magazine Luiza (MGLU3) deve continuar crescendo nos próximos anos. Porém, os analistas enxergam que há empresas com ações mais interessantes no setor.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 27,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise das equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual sobre o resultado Magazine Luiza (MGLU3) 1T21. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.