Análise Completa: Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20
Análise Completa: Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20

Análise Completa: Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20

No dia 10 de fevereiro de 2021, foi apresentado o resultado da Klabin (KLBN11) para o 4T20 e as equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual já realizaram a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Demanda interna impulsiona vendas

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da Klabin (KLBN11) foi na linha de suas expectativas, mas com vários pontos positivos.

Enquanto isso, de acordo com o relatório da Eleven, o resultado foi impulsionado pelo mercado interno, mas a margem operacional foi abaixo de suas estimativas.

Os destaques do período foram crescimento do mercado interno e projeto Puma.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações KLBN11 estavam sendo negociadas a R$ 27,90. A capitalização de mercado era de R$ 31,15 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 147,58 milhões.

Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20

Crescimento do mercado interno impulsiona receitas

De acordo com a Eleven, as receitas da Klabin no 4T20 superou estimativas devido a um volume de vendas e preços maiores que o esperado e a incorporação das unidades da Internacional Paper. Por sua vez, o BTG Pactual pontua que os mercados de papel e celulose impulsionaram o forte crescimento de receita.

O bom resultado se deve ao crescimento do volume no mercado interno, ainda refletindo a recuperação da demanda por alimentos e bebidas, que representam a maior parcela do destino das embalagens da empresa.

Ademais, o real desvalorizado contribuiu para o aumento da receita de exportação, compensando a queda do volume exportado e dos preços da celulose em dólar em comparação ao mesmo período de 2019.

A receita líquida atingiu R$ 3,3 bilhões, alta de +22% na comparação anual.

Vendas de celulose cai, mas de papel ondulado tem alta

Segundo a Eleven, o volume de vendas do segmento de celulose caiu -15%, puxado pela queda de -29% do volume de fibra longa/ “fluff”, na comparação de base anual. Nota-se que no 4T20 houve uma parada programada da Unidade de Puma, o que contribuiu para essa retração.

Ademais, com relação aos preços, a Klabin espera uma melhoria gradual do balanço entre oferta e demanda global. Por outro lado, começa a enxergar um ciclo de aumento de preços, em virtude da alta dos spreads entre fibra curta e longa.

Em contraste, no segmento de papel ondulado, o volume de vendas teve alta de +50% e a receita cresceu +61%, na comparação anual, refletindo a aquisição da International Paper.

Por sua vez, na comparação de base anual, os volumes de vendas de kraftliner subiu +1%, com o mercado interno ganhando participação (+12%), enquanto o externo retraiu (+9%). A receita de vendas subiu +21%, reflexo de uma leve alta no preço do dólar e do câmbio depreciado no período.

Impactos negativos do projeto Puma

De acordo com a Eleven, a Klabin superou as estimativas de receitas, mas o projeto Puma II, o maior investimento de sua história, prejudicou seu desempenho.

Do caixa da empresa foram consumidos R$ 648 milhões no 4T20, efeito do Capital Expenditure (CAPEX) do Puma II, de R$ 1,5 bilhão no período.

Em outras palavras, este foi o valor investido no projeto, que implicou no aumento das despesas da empresa. Nota-se que desconsiderando o projeto Puma II a geração de caixa foi positiva de R$ 1,1 bilhão.

A parada da planta de Puma se traduziu em uma margem operacional abaixo das estimativas. As obras de manutenção impactaram os resultados gerais, com custos mais elevados e volumes menores, segundo o BTG Pactual.

Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20

EBITDA cresce mais de +20%

Conforme informa o BTG Pactual, o EBITDA da Klabin ficou em R$ 1,1 bilhões. O número revela que a empresa fechou o EBITDA crescendo mais de +20% na comparação de base anual, o que é impressionante e consistente ao longo dos anos.

Segundo a Eleven, a alavancagem da Klabin caiu para 4,0x dívida líquida/ EBITDA no 4T20 (contra 4,6x do 3T20), fruto da valorização cambial e aumento do EBITDA. Nota-se que a empresa se encontra em um ciclo de investimento elevado no projeto Puma II, mas esse nível de alavancagem deve ser temporário.

Lucro Líquido supera estimativas

Conforme o relatório do BTG Pactual, o lucro líquido da Klabin no 4T20 foi de R$ 1,32 bilhões.

De acordo com o relatório da Eleven, a superação das estimativas se deve ao efeito positivo da variação cambial da dívida em dólar, de R$ 1,1 bilhões, e do resultado não recorrente com a compra da unidade da Internacional Paper (IP), de R$ 206 milhões.

Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20

Resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Klabin (KLBN11) tem um bom modelo de negócios (principalmente flexibilidade, exposição ao dólar e defensividade) e deve continuar a entregar resultados de crescimento adiante.

Assim, estabelece recomendação de compra, com preço-alvo em R$ 29,00.

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que a Klabin (KLBN11) é líder do setor de papel ondulado e única produtora de celulose tipo “fluff” do Brasil. Entretanto, considerando as perspectivas para o mercado de celulose, a relação risco versus retorno do papel não se encontra tão atrativa.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 32,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise das equipes de Equity Research da Eleven Financial Research e do BTG Pactual sobre o resultado Klabin (KLBN11) para o 4T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Deixe uma resposta


Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.