Análise Completa: Resultado IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20

Análise Completa: Resultado IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20

No dia 18 de fevereiro de 2021, foi apresentado o resultado da IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Prejuízo pior do que o esperado

De acordo com o relatório do BTG Pactual, a SUSEP já sinalizava um prejuízo líquido para a IRB Brasil RE (IRBR3), mas o resultado foi pior do que o esperado.

O destaque do período foi o prejuízo líquido pior do que esperado.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações IRBR3 estavam sendo negociadas a R$ 6,70. A capitalização de mercado era de R$ 8,34 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 421,26 milhões.

Resultado IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20

Retrocessão e resultados financeiros ruins

Segundo o BTG Pactual, os dados da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) já indicavam números negativos para a IRB, mas os números no 4T20 foram muito piores do que o esperado pela equipe e consenso.

Grande parte desse resultado ruim está relacionado a uma “limpeza de casa” e eventos pontuais.

No que se refere aos eventos pontuais, estão: i) a reversão de créditos tributários do escritório de Londres; ii) o aumento do portfólio de IBNR Vida Internacional, e iii) o impacto da venda de LPT (loss portfólio transfer) para retrocessionárias.

Nota-se que esses eventos geraram um prejuízo de R$ 600 milhões. Ademais, o impacto da carteira de run-off (negócios descontinuados) foi de R$ 210 milhões, segundo a administração.

Menor prejuízo com resultados de subscrição

Segundo o BTG Pactual, os resultados de subscrição mostraram um prejuízo líquido menor no 4T20.

Na comparação de base trimestral, os prêmios emitidos foram de R$ 2,0 bilhões no 4T20 (-30%), principalmente em virtude do desempenho mais fraco do portfólio local. Por sua vez, o índice de sinistralidade caiu (-4 p.p.) mas permanece em um nível alto, em 92%.

No relatório de resultado da IRB, a administração indicou que a sinistralidade, ex-itens pontuais e a carteira run-off teriam melhorado para 75%.

Administração atua e salva IRB

De acordo com o BTG Pactual, a IRB fechou seu gap de insuficiência de liquidez regulatória no 4T20, contabilizando um excedente de R$ 542 milhões de ativos elegíveis para a cobertura das provisões técnicas.

Em virtude dos desenvolvimentos corporativos no ano passado e a atualização dos números de 2019, a SUSEP identificou uma insuficiência de liquidez regulatória de R$ 1,1 bilhão.

Apesar do prejuízo líquido robusto em 2020, a IRB conseguiu levantar R$ 4,8 bilhões por meio de um aumento de capital, emissão de debêntures, vendas e permutas de ativos e vendas de LPT, ajudando a resolver este problema regulatório.

Além disso, para dar uma visão melhor da lucratividade real da empresa, a administração forneceu uma reconciliação de um resultado líquido mais recorrente e normalizado, sem considerar eventos pontuais e a carteira de run-off.

Perspectivas para 2021

A IRB teve um ano difícil e complexo, embora a nova administração tenha conseguido levantar capital e emitir dívidas, praticamente salvando a empresa e resolvendo a questão da liquidez regulatória.

O resultado visto no último ano está relacionado a uma “limpeza de casa” e eventos pontuais. Entretanto, ainda não se sabe: i) quando a “limpeza” termina; e ii) o novo ROE recorrente pós-ajuste.

Além disso, o prejuízo registrado no último trimestre levou à queda do patrimônio líquido, o que deixou o valuation em um P/BV de 1,96x. Com a ação ainda em quase 2x BV, o valuation não é atraente.

A equipe do BTG Pactual sugere cautela neste momento, ressaltando que é necessário ouvir o que a administração dirá na conferência. Além disso, encontrar um CEO forte é crucial para o caso de investimento.

Resultado IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20

LAIR do 4T20 frustra estimativas positivas

Conforme informa o BTG Pactual, o lucro antes dos impostos (LAIR) da IRB ficou em -R$ 456 milhões. O número revela queda de -431,8% na comparação de base anual. Por sua vez, representa alta de +23% na comparação de base trimestral.

As estimativas para o LAIR era de R$ 79 milhões, segundo a equipe. Com o resultado obtido, o LAIR ficou -678,7% abaixo das estimativas.

Resultado Líquido tem queda de -346,9%

Conforme o relatório do BTG Pactual, o prejuízo líquido da IRB foi de R$ 620 milhões no 4T20 (contra lucro líquido de R$ 251 milhões no mesmo período de 2019).

Esse resultado representa uma queda de -346,9% na comparação de base anual. Em 2020, o prejuízo líquido atingiu R$ 1,52 bilhão, o que representa uma queda de -225,7% na comparação com o resultado de 2019.

De acordo com a administração, excluindo eventos pontuais e run-offs, o lucro líquido normalizado do 4T20 teria sido de R$ 190 milhões. Para a equipe do BTG Pactual, essa estimativa é bastante otimista.

Resultado IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20

Resultado IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a IRB Brasil RE (IRBR3) teve um ano difícil e reitera uma visão cautelosa sobre a ação.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 6,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado da IRB Brasil RE (IRBR3) para o 4T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

(Visited 13 times, 1 visits today)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta


Mais Lidos

Postagens Relacionadas

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.