CARD3

Análise Completa: Resultado CSU (CARD3) para o 4T20

No dia 04 de março de 2021, foi apresentado o resultado da CSU (CARD3) para o 4T20 e a equipe de Equity Research da Eleven Financial Research já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Terceiro trimestre sequencial de melhorias na rentabilidade

De acordo com o relatório da Eleven, o bom desempenho da CSU (CARD3) ficou em linha com as estimativas da equipe, com crescimento de receita, EBITDA recorde e melhorias na rentabilidade.

Os destaques do período foram mix assertivo de soluções, EBITDA recorde e novo patamar de rentabilidade.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações CARD3 estavam sendo negociadas a R$ 15,25. O valor de mercado era de R$ 637 milhões. O volume médio negociado era de R$ 2,6 milhões.

Resultado CSU (CARD3) para o 4T20

Sólidos resultados e pagamento de dividendos no 4T20

Conforme o relatório da Eleven, a CSU apresentou um bom resultado no 4T20 e marcou o terceiro trimestre sequencial de melhorias na rentabilidade.

A receita líquida da CSU ficou em R$ 117,5 milhões no trimestre, alta de +5,6% na comparação de base anual.

Em virtude da baixa alavancagem financeira, a companhia reportou um EBITDA recorde que, por sua vez, permitiu maior conversão deste em lucro líquido no período.

A companhia também anunciou a distribuição de JCP (juros sobre o capital próprio) no valor de R$ 4,6 milhões referentes ao 4T20, totalizando R$ 12,5 milhões em 2020. De acordo com o relatório de resultados da CSU, esse valor foi pago em janeiro de 2021.

Além disso, a CSU submeteu à aprovação do conselho a proposta de pagamento de dividendos adicionais de R$ 6 milhões.

Bom desempenho nas divisões Contact e CardSystem

O bom resultado reportado pela CSU no 4T20 é reflexo sobretudo do desempenho da divisão Contact, segundo a Eleven.

Na comparação de base anual, a receita da Contact teve um crescimento de +8,9% e foi responsável por 51% da ROL (receita operacional líquida).

Esse forte desempenho da Contact no trimestre está associado principalmente ao aumento de contratos que utilizam soluções tecnológicas, como robotização e canais digitais sem voz (e-mail, chat, etc).

Enquanto isso, a CardSystem, com crescimento de +2,3% no período. Esse resultado é reflexo da ampliação nos cartões faturados (+9,3%), mas ainda com efeitos do volume de postagens faturadas, em linha com a estratégia de foco em negócios de maior rentabilidade.

Expansão da margem bruta em virtude de um mix assertivo de soluções

Assim como no 3T20, houve uma expansão da margem bruta da CSU devido a um mix assertivo de soluções ofertadas.

Segundo a Eleven, a margem bruta da companhia atingiu 31,4% no 4T20, o que representa uma alta de +4,1 p.p. na comparação de base anual.

Em uma visão por divisão, a margem bruta da CardSystem ficou em 46,1% (+4,1 p.p.) em virtude de uma menor participação de postagens de faturas (de baixa margem) no mix de receitas, alinhada à estratégia de busca por maior rentabilidade. Além disso, deve ser considerada a tendência de digitalização introduzida pela pandemia.

Já na divisão Contact, a margem bruta ficou em 17,2% (+2,5 p.p.) em razão da maior digitalização das operações e de uma rigorosa gestão de custos de ocupação, infraestrutura e ociosidade.

No que se refere à margem EBITDA da CSU, ficou em 29,9% no 4T20. Isso representa um crescimento de +2,4 p.p. no período. Nota-se que o avanço ligeiramente inferior ao da margem bruta é explicado pela maior participação da Contact no trimestre, que conta com uma rentabilidade inferior.

Novo patamar de rentabilidade e perspectivas

De acordo com a Eleven, os resultados apresentados pela CSU são bastante positivos e reforçam um novo patamar de rentabilidade, conforme indicam os resultados reportados no 2T20 e 3T20.

Ainda assim, a equipe da Eleven considera um patamar de rentabilidade similar ao apresentado nos últimos trimestres, sem um upside (potencial de alta) adicional para o papel.

Para a equipe, o papel já precifica esse perfil de rentabilidade e crescimento. Assim, segue com preferência para empresas de alto crescimento como Sinqia e Locaweb, além da TOTVS, que vêm explorando novas avenidas de crescimento como Techfin e Performance.

EBITDA tem alta e bate recorde

Conforme informa a Eleven, o EBITDA da CSU no 4T20 ficou em R$ 35,2 milhões. O número revela alta de +15% na comparação de base anual. Por sua vez, a margem EBITDA ficou em 29,9% (alta de +2,4 p.p. em relação ao 4T19).

Baixa alavancagem financeira impulsiona o Lucro Líquido

Conforme o relatório da Eleven, o lucro líquido da CSU no 4T20 foi de R$ 14,1 milhões. Esse resultado representa alta de +45,2% em relação ao 4T19.

Nota-se que esse resultado é reflexo da baixa alavancagem financeira da companhia, que permitiu maior conversão de EBITDA em lucro líquido.

Resultado CSU (CARD3) para o 4T20

Resultado CSU (CARD3) para o 4T20: Recomendações

Recomendação da Eleven Financial Research

A equipe de análise da Eleven considera que o papel da CSU (CARD3) já precifica o atual perfil de rentabilidade e crescimento da companhia. Ademais, a equipe ressalta sua preferência para outras empresas, que têm explorado novas avenidas de crescimento.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo em R$ 16,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research da Eleven Financial Research sobre o resultado da CSU (CARD3) para o 4T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Deixe uma resposta


Postagens Relacionadas

Mais Lidos

Categorias

Utilizamos cookies que melhoram a sua experiência em nosso site. Todos seguem as regras da nossa Politica de Privacidade. Clicando em "OK" você concorda com a nossa política.