No dia 10 de novembro, foi apresentado o resultado Braskem (BRKM5) para o 3T20 e a equipe de Equity Research do BTG Pactual já realizou a análise dos dados divulgados. Confira os pontos principais.

Resultado muito forte com melhores spreads

De acordo com o relatório do BTG Pactual, o desempenho da Braskem (BRKM5) no terceiro trimestre levou a um resultado muito forte, beneficiado principalmente por spreads de nafta melhores do que o previsto.

O destaque do período foi o EBITDA.

No dia em que o relatório foi publicado, as ações BRKM5 estavam sendo negociadas a R$ 25,40. A capitalização de mercado era de R$ 19,770 bilhões. O volume médio dos últimos 12 meses era de R$ 91,83 milhões.

Resultado Braskem (BRKM5) para o 3T20

Volumes consolidados aumentam

Os analistas do BTG Pactual apontam que os volumes consolidados apresentaram alta de +2% na comparação de base anual. Esse aumento esteve alinhado com a previsão.

Os motivos por trás do aumento nos volumes foram o recorde de vendas de resinas no Brasil e a rápida recuperação da atividade industrial nos EUA.

Geração de Fluxo de Caixa positivo

Outro aspecto apontado no relatório do BTG Pactual é que houve uma melhora no capital de giro da Braskem durante o terceiro trimestre.

Como resultado, foi possível a geração de fluxo de caixa livre positivo de US$ 179 milhões entre julho e setembro.

O índice de alavancagem líquida também foi beneficiado positivamente, caindo para 5x EBITDA, contra 7,1x EBITDA no período anterior. Esse é um alívio para uma das principais preocupações dos investidores.

Spreads melhores beneficiam resultado

Segundo a equipe do BTG Pactual, um dos principais fatores para o bom resultado da Braskem no trimestre foram os spreads de nafta melhores do que o previsto, graças ao custo da nafta abaixo do esperado.

Assim, pode-se entender que a estratégia da empresa, que montou estoques durante o período anterior, foi bem sucedida.

Câmbio e Provisões para Alagoas prejudicam resultado

Enquanto os spreads de nafta beneficiaram a Braskem, a equipe do BTG Pactual aponta outros dois fatores que foram prejudiciais.

O primeiro fator é o câmbio desfavorável, com a desvalorização do real durante o 3T20.

O segundo fator é a realização de uma nova rodada de provisões, no valor de R$ 3,5 bilhões. Esse montante destina-se à possível implementação de novas medidas para reparação do problema geológico causado em Alagoas.

Resultado Braskem (BRKM5) para o 3T20

EBITDA supera previsão em +13%

Os analistas do BTG Pactual observam que o EBITDA da Braskem no 3T20 chegou a R$ 3,8 bilhões. O número representa uma alta de +143% em relação ao 3T19, além de superar a previsão em +13%.

Prejuízo Líquido fica abaixo do previsto

Conforme o relatório do BTG Pactual, o prejuízo líquido da Braskem no terceiro trimestre foi de R$ 1,4 bilhão. Esse resultado representa uma queda significativa, de -59%, em relação ao mesmo período do ano passado, quando houve prejuízo de R$ 888 milhões. No entanto, ele ainda fica abaixo da previsão, que era de prejuízo de R$ 1,5 bilhão.

Resultado Braskem (BRKM5) para o 3T20

Resultado Braskem (BRKM5) para o 3T20: Recomendações

Recomendação do BTG Pactual

A equipe de análise do BTG Pactual considera que a Braskem (BRKM5) deve aproveitar um suporte adicional ao preço de suas ações, graças à melhoria das taxas de utilização nas regiões onde a empresa opera e ao ambiente de spread benigno.

Porém, ressalta que os spreads atuais são insustentáveis devido ao adiamento da adição de capacidade petroquímica para 2021. Também aponta que o desconto da BRKM em relação a pares globais deve diminuir em razão de ruídos políticos ligados ao desastre de Alagoas.

Assim, estabelece recomendação neutra, com preço-alvo de R$ 28,00.

 

Esta foi nossa apresentação da análise da equipe de Equity Research do BTG Pactual sobre o resultado Braskem (BRKM5) para o 3T20. Acompanhe os conteúdos da Renova Invest para ter acesso a todas as análises de resultados trimestrais.

Disclaimer: As informações apresentadas neste artigo são provenientes de relatórios elaborados por terceiros. Esse material tem caráter puramente informativo, e não configura recomendação ou sugestão de investimento.